Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 3 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Justiça bloqueia bens de ex-senador e 18 no Pará

27 Abr 2007 - 17h26
A Justiça Federal do Pará tornou indisponíveis os bens de dezenove pessoas e nove empresas envolvidas no desvio de verbas públicas da Companhia Docas do Pará (CDP). Entre os que tiveram os bens bloqueados está o ex-senador pelo Estado, Ademir Andrade (PSB).

A denúncia contra os acusados foi feita em outubro do ano passado pelo procurador-chefe do Ministério Público Federal (MPF) no Estado, Felício Pontes Júnior, que apontou a existência de uma quadrilha dentro da CDP comandada por diretores do órgão, entre eles Ademir Andrade, que na ocasião era o presidente.

Segundo Pontes Júnior, as irregularidades começavam na seleção das obras e das empresas que iriam realizá-las. Eram sempre as mesmas. Havia casos de licitações disputadas por empresas de um mesmo proprietário. Também ganhavam concorrência empreiteiras ligadas a diretores da CDP.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE TRÁGICO
Vitimas do acidente na BR 177 são identificadas: 3 são da mesma familia
CORRUPÇÃO NA SAUDE
MP aponta 'vergonhosa fraude' e aciona prefeito a devolver R$ 4,136 milhões
BORA PRA BONITO - MS
O que é ecoturismo e porque Bonito, MS?
TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente com 22 veículos deixa 8 mortos e 20 feridos
PERDAS NA PANDEMIA
Morre 5º pastor da Assembleia de Deus vítima da covid-19
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Motorista bêbado atinge carro e mata 4 adultos e uma criança
LIMPA NOME
Serasa lança nova campanha para limpar nome por apenas R$ 100
FÁTIMA DO SUL - LUTO
Morre Pe. Bonfilho, aos 93 anos, ele dedicou 25 anos da sua vida a comunidade de Fátima do Sul
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Ex-vice prefeito, filho e sogra morrem por covid-19 em três dias
CENA DE TERROR
Após ser curado da Covid-19 dentista mata enfermeira e comete suicidio