Menu
SADER_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Justiça afasta esposa do prefeito de Jardim por nepotismo

11 Jul 2006 - 07h27
O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) afastou do cargo, por meio de uma liminar, a Gerente de Promoção Social de Jardim, Lizete Pereira Simões Bazzo, esposa do prefeito da cidade, Evandro Bazzo (PSDB). A liminar foi pedida em ação civil pública, aberta pelo Ministério Público Estadual no dia 05 de julho. A decisão saiu no dia 07.

O MPE argumentou que o prefeito cometeu crime de nepotismo ao nomear a esposa com salário de R$ 4 mil, violando a Constituição Estadual, que proíbe a contratação de parentes. Baseado em decisões do STF (Superior Tribunal Federal), o juiz substituto Wilson Leite Corrêa, acatou ao pedido e suspendeu a nomeação da primeira dama, determinando o afastamento do cargo até que seja julgado o mérito da ação.

 
 
Mídia Max

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS