Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Juros do cartão de crédito chegam a 488% ao ano

7 Dez 2006 - 16h45
Cartões de crédito podem ser bons aliados se bem utilizados, mas basta um deslize e o não pagamento de uma fatura, que se tornam um pesadelo. Isso porque os juros rotativos são os mais altos do mercado, podendo atingir 15,90% por mês e 488% por ano.  

Com o chamado dinheiro de plástico, é possível obter benefícios como comprar e pagar somente um mês depois, parcelar despesas sem juros e fazer compras on-line. Mas é preciso avaliar antes qual é a melhor opção. Muitas vezes o valor da anuidade é baixo, ou até inexiste, mas os juros são altos.

A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste) realizou uma pesquisa com 102 produtos, desses, 23 nacionais. Seus técnicos orientam aqueles que pouco saem do país ou não viajam ao exterior a pensar com cautela. Quando a opção é por um cartão internacional, o custo da anuidade pode ser até 196% superior ao de um cartão nacional. Por exemplo, a anuidade média de um cartão nacional é de R$ 35, frente a R$ 107 do internacional. Muitos dos internacionais oferecem anuidade gratuita, mas exigem renda mínima mais alta para a contemplação.

Se você é organizado e paga as contas sempre em dia, a melhor opção do mercado é o Unicard Visa/ Mastercard, do Unibanco, segundo a Pro Teste. Sempre gratuito, inclusive para o cartão adicional, exige renda mínima de R$ 150 e tem juros de 10,9% a 14,9% ao mês.

Outra opção é o American Express Gold Credit, que requer renda mínima de R$ 1.500. Mas é bom ficar atento, pois se o cliente não utilizar o cartão pelo período de três meses, terá de pagar R$ 30.

Ambas as alternativas oferecem a melhor relação custo x benefício, caso o cliente entre no crédito rotativo em um mês. Apesar dos altos juros, que oneram e muito o valor do débito, a melhor saída ainda é um cartão sem anuidade.

Se o consumidor não consegue sair do rotativo, a melhor escolha é um empréstimo com juros menores para quitar as dívidas ou tentar renegociá-las, controlar gastos e evitar o cartão por um tempo.

De qualquer forma, a opção para casos assim é o Santander Light Internacional, com juros de 5,5% ao mês, orienta a Pro Teste. A anuidade, entretanto, é de R$ 120,30. Além desse, há o Real Visa Platinum, com 5,4% ao mês, mas acessível somente a clientes de alta renda. Os mais baratos e acessíveis à grande parte dos consumidores são o Ourocard (anuidade de R$ 45) e o Ourocard Gold Visa/Mastercard (anuidade de R$ 120), ambos com 7,8% ao mês.  

Para quem precisa de um cartão adicional, nessas condições, o Ourocard tem anuidade de R$ 22 e o Ourocard Gold Visa/Mastercard, R$ 60. Já para quem dispensa um cartão adicional, a melhor escolha é o Ourocard Gold Visa/Mastercard.    

Fuja - É preciso estar alerta para administradoras de cartões que oferecem anuidade grátis, mas cobram tarifa de manutenção. Caso do Panamericano (R$ 3,90 por mês), do Losango (R$ 3,45), do IbiCard Super Visa (R$ 3,90) e dos Cred Mais Nacional e Internacional, do Bradesco (R$ 1,99 e R$ 2,79 por fatura, respectivamente).
 
 
 
DiárioNet

Leia Também

BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'
NAUFRÁGIO
Barco naufraga e duas pessoas desaparecem; buscas continuam nesta segunda (11)
FOTO: REDES SOCIAIS DESCARGA FATAL
Jovem morre ao desligar geladeira da tomada após queda de raio