Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Juiz federal tenta acordo entre fazendeiro e Índios

25 Nov 2004 - 10h01
O juiz federal Sílvio César Arouck Gemaque tenta hoje um acordo entre o fazendeiro Esmalte Barbosa Chaves e índios guaranis-caiuás, que ocupam a fazenda Campo Belo, distrito de Porto Cambira, em Dourados, há quase 2 semanas.

A audiência de conciliação que seria realizada na propriedade foi transferida para o novo prédio da Justiça Federal. O encontro é às 17h 30 de hoje. Devem participar o fazendeiro, os advogados dele, índios guaranis-caiuás e o procurador da República Charles Estevan da Mota Pessoa.

Os advogados do proprietário não concordam com a audiência de conciliação. Eles queriam que o juiz federal concedesse o mandado de reintegração de posse ao proprietário. José Ipojucam, um dos advogados de Esmalte Barbosa, disse ao Douradosagora que o juiz federal Sílvio Arouck está "enrolando" para tomar uma decisão e que "se acontecer alguma coisa à família de Esmalte Barbosa que a culpa vai ser do juiz que fica protelando a decisão sobre a desocupação da Campo Belo.

Ao Douradosagora o juiz federal Sílvio César Arouck Gemaque disse que o processo está correndo normalmente. Os documentos foram enviados pelo juiz ao Ministério Público Federal. O procurador da República Charles da Mota Pessoa analisou o processo e apresentou um parecer ao juiz federal.

"Como ainda não estava munido de todas as evidências e subsídios para tomar uma decisão sobre este caso resolvi convocar esta audiência para ouvir as partes e ter mais argumentos na hora que for julgar o pedido. É natural que os advogados que estão defendendo o direito do fazendeiro queiram pressionar o Judiciário para que a decisão seja tomada rapidamente", concluiu o juiz Sílvio César Gemaque.

Os guaranis-caiuás que ocupam parte da Campo Belo há 15 dias já havia ocupado o mesmo local em fevereiro deste ano. Em fevereiro eles ficaram dentro da fazenda durante 20 dias e só saíram depois de um mandado de reintegração de posse em favor do fazendeiro concedido pela juíza federal Luciana Melchiori Bezerra.

 

Campo Grande News


Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho