Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 9 de maio de 2021
Busca
Brasil

Juiz é afastado do cargo em MT após denúncia de abuso sexual

20 Ago 2010 - 16h37Por Folha Online

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso determinou o afastamento cautelar do juiz Fernando Márcio Marques de Sales, ex-titular da comarca de Paranatinga (373 km de Cuiabá). O juiz, que também respondia pelo Juizado da Infância e Juventude, é investigado pela corregedoria-geral da Justiça por suspeita de abuso sexual contra crianças e adolescentes do município.

Recentemente transferido para a comarca de Cotriguaçu (região noroeste do Estado), o juiz teve o seu afastamento solicitado no início da semana pela seccional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em MT. Segundo o TJ, a medida "levou em conta graves acusações que pesam contra o magistrado". Segundo as denúncias, encaminhadas à Polícia Federal e depois repassada à corregedoria, o magistrado aliciava crianças de até oito anos para encontros.

As investigações correm em segredo de Justiça. A Folha não conseguiu contato com representantes do juiz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo