Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de maio de 2021
Busca
Brasil

Jovens confessam que assassinaram indígena em Dourados

29 Nov 2004 - 15h32

Em Dourados, os três adolescentes que foram detidos na manhã desta segunda-feira confessaram que assassinaram a indígena Manuela da Silva, 58 anos, que morreu por volta das duas horas da madrugada de hoje, na aldeia Bororó. Segundo informações do site Dourados News, o corpo foi encontrado em uma área de mata rasteira perto da casa dela pelo companheiro dela, Sebastião Irala Duarte. A prisão foi feita por servidores da Funai (Fundação Nacional do Índio), durante operação da chamada Operação Sucuri.

 

 

Maracaju News


Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias