Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Jovem sai para comprar gado e desaparece ele levava R$ 25 mil

14 Jun 2010 - 05h18Por Com Liziane Berrocal / Midia Max

Há vinte dias, a vida do sitiante Benvindo Rodrigues Borges Neto é procurar o filho do nascer ao por do sol. A busca só para quando começa a escurecer. Ele está a procura de Willian Borges de Matos, de 22 anos, que trabalhava com compra e venda de gado.

Segundo seo Loro, como ele é conhecido, o filho saiu de casa na noite do dia 24 de maio para comprar gado em uma fazenda em Maracaju. Ele residia no lote 140 do Assentamento São Pedro, em Sidrolândia.

“Meu filho foi procurado por um homem chamado Edson Siqueira Cavalcanti e ele falou que tinha um gado pra ser vendido em Maracajú, mas exigiu que meu menino levasse R$ 25 mil que era o dinheiro da entrada, que o resto dava prazo”, conta o pai.

De acordo com a família, Willian saiu de casa às 20 de uma segunda-feira, dia 24/05, acompanhado de Edson. O combinado é que eles iriam posar numa fazenda já no município de destino.

“Mas o rapaz voltou e meu menino não voltou. Ele fala que não viu meu filho, que ele não sabe e nem sabia que meu filho tava comprando gado. Mas no dia, meu outro filho viu ele na casa do Willian”, afirma.

No dia do desaparecimento, Willian trajava calça jeans e uma camisa pólo de cor vermelha tinha o costume de usar boné e botina.

Seo Loro conta ainda que o filho ligou para um vizinho avisando que estava saindo com o Edson, e que devido a isso, o suposto corretor teria sido preso na sexta-feira, porém foi liberado no sábado (12/06).

“Eu não acreditei nisso, prenderam ele e depois soltaram. O Edson passou uma mensagem pro nosso vizinho dizendo que na terça-feira 25/05 eles estariam em Maracajú ele comprou um carro no valor de R$ 9.500,00 na Capital e isso foi comprovado e o pai dele falou que ele não tinha dinheiro para isso”, revoltou-se.

A família está fazendo uma investigação paralela. E conforme eles, o pai de Edson afirmou que o filho saiu com o carro da família e um vizinho confirmou que o suspeito chegou de madrugada.

“Não estão fazendo nada, o rapaz tem várias passagens. Hoje é meu aniversário (13/06) e o maior presente seria meu filho de volta. Ele tem uma filha de 4 meses. Eu perdi minha mulher à cinco anos e terminei de criar meus filhos, estou sofrendo muito”, desabafou o pai.

A família explica que além da investigação paralela, já são mais de cem pessoas no assentamento procurando em toda região, todos os dias. “Eu saio todos os dias para procurá-lo, e quando escurece volto para casa. Fui ver um corpo que apareceu no Rio Vacaria e graças a Deus não era ele”, conta.

Com tristeza e palavras simples, o patriarca diz que não tem dúvidas que Edson executou o filho dele, mas que não vai desistir de buscar justiça.

“Eu só quero meu filho de volta e a verdade tem que ser dita, preciso saber da verdade”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio
ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"