Menu
SADER_FULL
terça, 29 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Jovem muda versão de depoimento e incrimina Bruno

13 Jul 2010 - 09h16Por Agência Estado

O adolescente J., de 17 anos, deu detalhes diferentes do que havia dito à polícia sobre o sequestro e assassinato de Eliza Samudio em depoimento à Promotoria da Infância e da Juventude. Segundo o Jornal Nacional, da TV Globo, que teve acesso ao texto, J. disse que, depois de machucada pelas coronhadas dadas por ele, Eliza passou dois dias na casa do goleiro do Flamengo Bruno Fernandes Souza no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro, antes de seguir para o sítio do atleta em Minas Gerais.

Ele contou ainda que Bruno chegou ao sítio em Esmeraldas no mesmo dia que a ex-amante e permaneceu lá por dois dias. No primeiro depoimento, o menor tinha afirmado que Bruno só havia chegado ao sítio, de táxi, um dia depois de Eliza e que ficou no local por duas horas. O jovem contou que Luiz Henrique Romão, o Macarrão, disse que eles iriam pegar Eliza porque ela "estava dando muita aporrinhação para Bruno por causa do filho que dizia ter com o goleiro".

O garoto afirmou ainda que a mulher de Bruno, Dayanne de Souza, já estava no sítio quando eles chegaram, mas não afirmou se o goleiro e Dayanne estavam no local quando Eliza foi morta. No relato à polícia, o menor havia dito que só encontrou Dayane no sítio depois do crime.

Segundo J., Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, teria se apresentado como policial e começado a interrogar Eliza sobre eventual uso de drogas. Na nova versão do jovem, enquanto o ex-policial aplicava a gravata em Eliza, Macarrão é quem teria amarrado as mãos dela e não Bola. Depois da morte e do esquartejamento, o menor disse que Macarrão ligou para o ex-policial. Bola teria dito que cães comeram parte do corpo, mas alguns restos mortais tiveram de ser postos em parte da fundação de uma construção, que foi concretada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso