Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 25 de janeiro de 2021
Busca
CRUELDADE

Jovem de Cassilândia é assassinada e enterrada com a cabeça para baixo em Goiás

Um fazendeiro e os dois filhos são acusados

6 Abr 2011 - 20h32Por Campo Grande News

Um fazendeiro de Goiás e os dois filhos adolescentes são acusados de ter assassinado Adriele Camacho de Almeida, de 16 anos, apontada como namorada da filha do fazendeiro. O crime aconteceu em Itarumã, a cerca de 60 quilômetros de Cassilândia, na região Nordeste de Mato Grosso do Sul.

O corpo de Adriele foi encontrado enterrado com a cabeça para baixo em uma parte da fazenda do acusado, Claudio Roberto de Assis. Ela estava desaparecida desde 13 de março.

Segundo informações da policia goiana, os dois filhos de Claudio, um de 16 e outro de 13 anos, confessaram o crime, na tentativa de livrar a acusação do pai. No entanto, as investigações apontam a participação do fazendeiro no crime.

O delegado responsável pelo inquérito, Samer Agi, detalha como o crime foi praticado. No dia 13 de março, um domingo, Adriele foi chamada pelo irmão da namorada para que fosse até Itarumã encontrar a menina. Chegando à cidade, a jovem de Cassilândia foi levada até a fazenda pelo então cunhado, onde foi morta a facadas.

“Na segunda-feira, a namorada de Adriele viu quando o pai e o irmão saíram em direção à fazenda, e estranhou tal atitude. Suspeitamos que eles tenham ido ocultar o cadáver”, explicou Samer.

Segundo o delegado, a família ameaçou Adriele para que terminasse o relacionamento com a filha adolescente. A jovem de Cassilândia tem diversas passagens policiais por crimes como violência doméstica, furto, receptação e ameaça. Na Polícia Civil de Cassilândia, Adriele é conhecida como “Sementinha do Mal”.

Em setembro de 2010, a mãe da namorada de Adriele registrou ocorrência por ameaça. A jovem havia terminado o relacionamento homossexual com Adriele, mas ela não aceitava e passou a ameaçar a ex-namorada.

“O crime impressiona pela brutalidade. O pai foi indiciado por homicídio doloso [com intenção de matar] duplamente qualificado, por conta do motivo torpe e dificuldade em defesa da vítima, que foi atraída para a fazenda sem saber que seria morta”, destacou o delegado.

Claudio Roberto está preso em Itarumã. Os dois filhos adolescentes estão em uma instituição para menores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro