Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Jovem brasileira se livra de prisão por fazer sexo em Abu Dhabi

20 Out 2010 - 15h44Por Folha Online
A adolescente brasileira presa em Abu Dhabi acusada de fazer sexo fora do casamento não será presa nem deportada. Em recurso julgado nesta quarta-feira, a corte do país dos Emirados Árabes decidiu que a menina poderá ficar lá sob os cuidados da mãe.

A brasileira de 14 anos foi condenada há seis meses por ter feito "sexo consensual" com o motorista do ônibus da escola. A defesa da brasileira apelou em primeira instância da condenação e pediu que ela respondesse ao processo em liberdade.

O motorista seria um imigrante paquistanês de 28 anos, que também foi condenado a um ano de prisão e deportação depois de cumprir a pena. Nos Emirados Árabes, é ilegal ter relações sexuais fora do casamento.

A identidade da menina não foi divulgada. Ela mora em Abu Dhabi com a mãe e o padrasto alemão há um ano.

Pesou na decisão judicial um laudo elaborado por uma psicóloga concluindo que a brasileira ainda tem a mentalidade de uma menor de idade. O laudo foi apresentado à corte na última quarta-feira, 13 de outubro. Caso fosse constatado que, mesmo sendo menor ela tivesse mentalidade de uma maior de idade, dificilmente a brasileira se livraria da prisão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada