Menu
SADER_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Jogo do Naviraiense em CG provoca saída de diretor

5 Fev 2010 - 17h20Por Conesul Esportes

A decisão do Naviraiense de acatar a sugestão da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), através do seu presidente Francisco Cezário, e confirmar a partida do clube contra o Santos pela Copa do Brasil no Estádio Morenão, em detrimento ao Estádio Fredis Saldivar, em Dourados, provocou um racha no comando do clube.

Soares Filho, integrante do conselho fiscal e assessor de imprensa, pediu afastamento de suas funções no CEN. Segundo nota divulgada à imprensa, Soares não concordou com o que chamou de "gol contra o interior, que na realidade é quem sustenta a mínima qualidade ainda existente no futebol Sul-Mato-Grossense".

Segundo a nota, a diretoria do Naviraiense, ancabeçada pelo presidente Ronaldo Botelho e o diretor José Roberto, cedeu às pressões e interesses de Francisco Cezário para levar o jogo para o Estádio Morenão que, assim como o Douradão, também não tem ainda os laudos necessários para a realização do evento. Decisão que, para ele, contraria o interesse da maior parte dos torcedores do clube, que queriam que a partida acontecesse em um estádio mais próximo à Naviraí, no caso, o Douradão, que já estava sendo preparado para isso.

Em contato pelo telefone, Soares disse que a alegação da diretoria do CEN para não jogar em Dourados era de que o prefeito Ari Artuzi não tinha falado com eles sobre o assunto. "Ora, o prefeito conversou comigo e disse que tudo estava sendo preparado para o Douradão receber a partida. Se eu não sou diretoria, então disse que estava fora. Quem paga as contas do CEN são os empresários locais, sua torcida e a ajuda do poder público. Por isso não concordo em ceder aos interesses do presidente da Federação", concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado