Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 30 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Jeanne pode ter matado cerca de 1,6 mil no Haiti

22 Set 2004 - 08h09
O governo do Haiti disse hoje que os mortos no Haiti devido à tempestade Jeanne podem chegar a 1.600, já que aos 600 corpos identificados podem se somar mil desaparecidos. O primeiro-ministro haitiano, Gerard Latortue, disse hoje que os desaparecidos podem ser considerados mortos.

Foram feridas 384 pessoas e cerca de 160 mil haitianos foram afetados pelas inundações causadas pelo Jeanne. O número total de mortos no país ultrapassou os 700, segundo a missão da ONU no Haiti.

"Já identificamos 600 mortos e há um risco de epidemia devido aos cadáveres. Não há eletricidade, os necrotérios não funcionam e tem água por toda parte. É o maior drama já sofrido pela cidade até hoje", declarou latortue.

A cidade de Gonaives, onde pelo menos 600 morreram, foi a mais afetada. As autoridades dizem que metade dos seus 200 mil habitantes precisam urgentemente de comida, água potável e abrigo. Cerca de quatro mil casas foram destruídas na região.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia
ASSEDIO SEXUAL
Dono de loja é preso por estuprar jovem na entrevista de emprego
100 PAGAMENTOS
Mais de 17 milhões devem ficar sem todas as parcelas do auxílio
ASSALTANTES
Apresentador da Record sequestrado é achado em RR teve braços quebrados e amarrados