Menu
SADER_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
Brasil

Japão confirma 14º caso de "vaca louca"

18 Out 2004 - 14h37
O Japão confirmou seu 14o caso de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecida como doença da "vaca louca", na última quinta - o segundo caso descoberto em menos de um mês.

A vaca infectada, da raça Holandesa e com quatro anos de idade, era da região de Shikaoi, estado de Hokkaido, e foi encontrada morta no sábado. Especialistas que testaram o animal confirmaram na última quinta-feira, oito de setembro, que era mesmo EEB, segundo informado pelo oficial do Ministério da Agricultura, Hiroaki Ogura.

Ogura disse que os oficiais estão tentando rastrear os alimentos que a vaca recebeu, bem como outros detalhes de seus hábitos recentes. O uso de farinha de carne e ossos - feita com partes de animais ruminantes - na alimentação de bovinos foi relacionado com os casos anteriores da doença no Japão. Por isso, o país proibiu o uso desse alimento. Ogura disse também que os outros 220 bovinos da fazenda de onde surgiu o animal infectado estão sendo monitorados para evitar qualquer potencial disseminação da doença.
 
 
 
Famasul

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV