Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
Busca
Brasil

Ively Monteiro agradece apoio do PMDB

6 Jul 2004 - 07h14
A empresária Ively Monteiro, diretora e presidente do grupo Fifasul (Faculdades Integradas de Fátima do Sul), em entrevista, ontem pela manhã, na Rádio Guaicurus de Fátima do Sul, prestou agradecimentos pelo apoio recebido na convenção municipal do PMDB, ocorrida na última quarta-feira. Ela também avaliou o atual quadro político no município, comentando sobre seu posicionamento em relação às próximas eleições municipais de outubro.
Filiada ao PMDB, a empresária teve seu nome indicado por uma ala do partido à convenção realizada na semana passada, concorrendo à indicação como candidata à prefeita. Ively perdeu para Hermes Valota, candidato que tem o apoio do prefeito Dílson Deguti Vieira (PMDB), pela contagem de 29 a 14 votos. Posteriormente, a professora decidiu apoiar a candidatura da empresária Ilda Salgado Machado, pela coligação PL/PDT/PFL/PP/PTB, que tem o nome de seu filho, Lauro Andrey, como candidato a vice-prefeito.
Segundo ela, preocupado com a possibilidade de um racha no PMDB de Fátima do Sul, o senador Ramez Tebet (PMDB) teria lhe solicitado gestões no sentido de evitar qualquer incidente negativo dentro do partido. “Não sou favorável a atritos. Conversei, expliquei e mostrei meu plano de administração para Fátima do Sul e cada um escolheu, segundo sua visão. Quero agora desejar boa sorte ao Hermes e também agradecer o apoio daqueles que foram favoráveis ao meu nome, bem como dos que foram contra, reconhecendo que tudo foi feito dentro da democracia e da liberdade”, afirmou Ively. A empresária agradeceu e parabenizou as lideranças do PMDB pela ética e lisura, com as quais conduziram o processo de escolha do candidato do partido à sucessão municipal.
Falando de seu projeto pessoal, a diretora da Fifasul destacou que mora em Fátima do Sul, juntamente com os filhos, netos e demais familiares. “Em minha empresa (Fifasul) tenho projetos importantes sendo desenvolvidos em favor da população, entre eles o ‘Criança Feliz’, que atende a centenas de crianças, e pretendo iniciar, em agosto, o Projeto “Fátima do Sul sem analfabeto”, enfatizou, explicando que, “através do qual serão abertas duas salas de aula em cada bairro da cidade, visando erradicar o analfabetismo no município nos próximos anos”.
Finalizando, Ively Monteiro argumentou que, “considerando esses fatos, mais a indicação do meu filho Lauro Andrey para vice da Ilda, pedi à direção do PMDB, a níveis municipal e estadual, meu afastamento temporário do partido. Jamais abandonaria meus filhos em qualquer momento, bom ou ruim. Avisei aos companheiros do PMDB sobre a possibilidade de Lauro ser indicado vice no PL. Eles sabiam, mas não acreditaram. Agora eu pergunto: Qual mãe não acompanharia seu filho?”.
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19