Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 29 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Itamaraty negocia avião para resgatar 123 brasileiros na Líbia

21 Fev 2011 - 18h12

O ministro das Relações Exteriores Antonio Patriota afirmou que o embaixador líbio em Brasília foi chamado na tarde desta segunda-feira para negociar a retirada de 123 brasileiros da cidade de Benghazi, o epicentro dos protestos antigoverno na Líbia. Mulheres e crianças devem sair do país primeiro.

O objetivo da reunião, conduzida pelo secretário geral do Itamaraty, Rui Nogueira, é pedir a cooperação das autoridades líbias para que um avião fretado pela construtora Queiroz Galvão seja autorizado a decolar do aeroporto de Benghazi em direção à capital Trípoli levando os brasileiros.

Como nem todos desejam sair do país, em um primeiro momento apenas mulheres e crianças sairão da Líbia. Patriota disse também que o Itamaraty possui planos de contingência para retirar brasileiros da Líbia caso a autorização para a decolagem do avião de Benghazi seja negada. Ele não revelou qual será a estratégia.

Além disso, outros 30 brasileiros estão em conversação com portugueses para sair de Benghazi. O Brasil vai discutir com o governo de Portugal uma ação conjunta.

O chanceler condenou também a repressão a manifestantes. "O Brasil repudia atos de violência contra manifestantes desarmados e vemos com grande preocupação os desenvolvimentos na Líbia. Parece que alcançaram um padrão de violência absolutamente inaceitável", disse Patriota em entrevista coletiva em São Paulo.

VIOLÊNCIA

Na esteira das manifestações que derrubaram os ditadores da Tunísia e do Egito recentemente, os protestos chegaram à Líbia contra o líder Muammar Gaddafi, há mais de 40 anos no poder.

Nesta segunda-feira, os protestos atingiram a capital Trípoli pela primeira vez e, segundo relatos de testemunhas, dezenas de pessoas morreram em confrontos com as forças de segurança.

Questionado se o Brasil poderia dar asilo político ao líder Gaddafi, o ministro disse que "não há fundamento algum nesta notícia". Patriota acrescentou que a questão "não se coloca porque não houve uma solicitação formal do governo líbio".

Patriota esteve reunido com empresários na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e abordou a visita do presidente norte-americano, Barack Obama, ao Brasil, em março. Ele também discutiu o fortalecimento regional do Brasil e da América do Sul.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA
Sósia
Professora acusada de se relacionar com ex-aluno adolescente desabafa
 FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede de Ricardo dos Santos, pai do Jacaré, Pax Oliveira informa sobre velório