Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Israel construirá cerca em fronteira com Jordânia

15 Mar 2011 - 17h17Por Terra

Israel construirá uma cerca em sua fronteira com a Jordânia para impedir a imigração ilegal, anunciou nesta terça-feira o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.
O chefe do Governo israelense afirmou que deu instruções ao Exército para que inicie o planejamento da cerca, que tentará impedir a passagem de imigrantes sem permissão procedentes de países africanos, informou o jornal "Yedioth Ahronoth" em sua versão online.

"Teremos que construir uma cerca também no leste, porque se bloquearmos uma fronteira eles poderão entrar pela Jordânia", disse o premiê em uma conferência na cidade de Eilat (sul de Israel) após visitar a cerca que o Exército está levantando na fronteira com o Egito.

Netanyahu disse que a imigração ilegal "muda a configuração da população e rouba postos de trabalho dos israelenses, ameaçando alterar o caráter judeu e democrático do Estado".

"Temos que frear o fluxo de infiltração para proteger nosso futuro", sentenciou o primeiro-ministro israelense.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS
COM DESCONTOS
Veja as opções de pagamento do IPVA com desconto
CASA PRÓPRIA
Casa Verde e Amarela substitui Minha Casa Minha Vida com opção para renegociar dívidas e menos juros