Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 17 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Ipems aponta os favoritos à Assembléia Legislativa

25 Set 2006 - 12h12

Pelo menos 20 candidatos a deputado estadual estariam eleitos se as eleições fossem hoje, conforme aponta o Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul) em pesquisa estimulada realizada em 32 municípios do Estado. Segundo o diretor do Ipems, economista Lauredi Borges Sandim, a uma semana do pleito estão praticamente reeleitos os deputados estaduais Londres Machado (PL) e Maurício Picarelli (PTB), enquanto os vereadores Youssif Domingos (PMDB) e Marquinhos Trad (PMDB), além do ex-secretário estadual de Habitação, Paulo Duarte (PT), seriam eleitos, assim como outros 15 candidatos estão na mesma situação.

Pela coligação “Amor, Trabalho e Fé III”, segundo o Ipems, têm as reeleições garantidas os deputados Ari Artuzi (PMDB), Zé Teixeira (PFL) e Jerson Domingos (PMDB), enquanto o ex-prefeito de Maracaju, Reinaldo Azambuja (PSDB), a primeira-dama de Nova Andradina, Dione Hashioka (PSDB), o ex-prefeito de Coxim, Júnior Mochi (PMDB) e o vereador Carlos Marun (PMDB) têm as eleições garantidas.

O ex-prefeito de Paranaíba, Diogo Tita (PMDB), o deputado Akira Otsubo (PMDB), a deputada Celina Jallad (PMDB), João Carlos Krug (PSDB), Pastor Oliveira Assunção (PMDB), Sandro Fabi (PMDB), senador Juvêncio Cessar da Fonseca (PSDB), Paulo Reis (PMDB) e Pedrossian Filho (PMDB) disputam mais duas vagas, na sobra pelo coeficiente eleitoral da coligação.

Da coligação “Um Novo Avanço para Mato Grosso do Sul 2”, que inclui os partidos PT e PTB, disputam três vagas os deputados Raul Freixes (PTB), Pedro Teruel (PT), Pedro Kemp (PT) e Semy Ferraz (PT), os vereadores Alex do PT e Cabo Almi (PT), além de Gilmar Garcia (PT), Vanderlei Bispo (PT), Deborah Rezende (PTB) e Amarildo Cruz (PT). O deputado estadual Onevan de Matos é o único que tem a reeleição garantida pela chapa pura do PDT, conforme a pesquisa, sendo que brigam por duas vagas os deputados Ari Rigo, Bela Barros, Antônio Braga e Humberto Teixeira, além de Oscar Goldoni.

Pela coligação “Amor, Trab e Fé V”, que inclui PL e PTC, já podem contar com a vitória os deputados Antônio Carlos Arroyo (PL) e Paulo Corrêa (PL), sendo que Dirceu Lanzarini (PL) segue logo atrás. PPS, PRTB, PSC, PtdoB, PMN, e PAN, coligados na “Amor, Trabalho e Fé IV” conseguiram, juntos, 5,85% das intenções de votos e disputam uma vaga o vice-prefeito de Ponta Porá, Álvaro Soares (PPS), o vereador de Campo Grande Clemêncio Ribeiro (PRTB) e Márcio Fernandes (PRTB).

Com 3,25% nas intenções de voto (0,92% no coeficiente eleitoral), a coligação “Um Novo Avanço para Mato Grosso do Sul 3”, que tem PSB, PP, PHS, PRP, PCdoB, PTN, dependem de cerca de dois mil ou três mil votos para eleger pelo menos um deputado estadual e o mais cotado é o Coronel Ivan (PSB). O Ipems entrevistou duas mil pessoas entre os dias 16 e 22 de setembro e registrou a pesquisa no TRE/MS sob o número 22/2006.

 

Midia Max News

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amar a Deus
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ame o Senhor, seu Deus
BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'