Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 23 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
JUNINHO DENTISTA NOVO
Brasil

Insatisfeita com resultados, diretoria corintiana promete dar uma chacoalhada no elenco

16 Set 2013 - 10h27Por Gazeta Esportiva

Não são apenas os torcedores que estão insatisfeitos com o desempenho do Corinthians no Campeonato Brasileiro. De candidato ao título, o time começa a se distanciar até mesmo da briga por uma vaga na Copa Libertadores. A diretoria diz estar atenta e promete cobrar os jogadores.

"Sempre que passamos por essas fases, como no Brasileiro, na Libertadores, no Paulista do ano passado, damos uma chacoalhada. É o que temos que fazer: trabalhar bastante", disse o diretor-adjunto de futebol, Duílio Monteiro Alves, depois da derrota de domingo para o Goiás, no Pacaembu.

Foi a quarta partida seguida sem vitória na competição. Resultado que manteve em cinco pontos a diferença para o atual quarto colocado, o Atlético-PR, e que definitivamente passou a preocupar os dirigentes.

"Tem que mudar o desempenho", reconhece Duílio. "O futebol que o Corinthians apresentou nos últimos jogos não é satisfatório. A mudança é essa: o Corinthians tem que voltar a jogar bem e encontrar as vitórias, não tem mais".

Sempre ponderado nas declarações, ao contrário de outros membros do futebol corintiano, o diretor-adjunto confirmou que, a exemplo de outros momentos de crise, haverá uma nova reunião com o elenco nesta segunda-feira, dia em que os jogadores se reapresentarão aos trabalhos.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Após derrota para o Goiás, a terceira nos últimos quatro jogos, o Corinthians será cobrado pela diretoria para melhorar

"Essa conversa é diária, sempre que procuramos melhorar. Viemos de um resultado negativo contra o Botafogo e vamos sentar de novo para tentar identificar o que podemos fazer para melhorar o mais rapidamente possível. É ter calma, não entrar em desespero e enxergar muita coisa errada que, às vezes, não existe também", frisou.

Sem grandes possibilidades para reforçar o grupo, já que a janela de transferências internacionais está fechada, a diretoria também não cogita mudanças na comissão técnica. Tite tem contrato até o final deste ano e só terá o trabalho avaliado depois disso, a exemplo das temporadas anteriores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LIGAÇÃO FATAL
Mulher dirige falando no celular, capota carro e morre
ASSASSINATO
Policia persegue e apreende menor que matou líder do PC do B em assentamento
TRISTEZA NA FAMILIA
Menino de 4 anos morre após quebrar o pescoço durante brincadeira
ALTA NO PREÇO
Bolsonaro diz que alta nos preços dos alimentos é consequência do "fique em casa"
CORONAVIRUS
UFPR confirma que dois cachorros testam positivo para coronavirus
AUXILIO POPULAÇÃO
Ala política defende prorrogar auxílio emergencial, mas Bolsonaro ainda não decidiu
DIAGNÓSTICO COMPROMETIDO
Bolsonaro diz que estados e municípios devem explicar testes de Covid sem uso prestes a vencer
FENÔMENO DA NATUREZA
Meteoro explode sobre a fronteira do RS com o Uruguai; veja imagens
PANDEMIA
Brasil acumula 6,07 milhões de casos e 169 mil mortes por covid-19
VENDA DE CARROS
A venda de carros novos continua crescendo