Menu
SADER_FULL
domingo, 31 de maio de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Infraero registra atrasos em 7,4% dos vôos no país

22 Mar 2007 - 17h47
O número de vôos com atrasos superiores a uma hora caiu para 7,4% na tarde desta quinta-feira, segundo balanço da Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária). O número se refere a 90 dos 1.210 vôos previstos para ocorrer da 0h às 16h40.

A situação nos terminais é considerada normal, depois da seqüência de atrasos ocorrida entre domingo e segunda-feira, quando problemas em sistemas do Cindacta-1 (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo), em Brasília, o mau tempo em São Paulo e até um cachorro na pista de Congonhas desencadearam um novo apagão aéreo.

Devido à nova crise, a segunda-feira foi o dia mais difícil para os passageiros. Na ocasião, 29% dos vôos atrasaram, ao longo do dia.

Na quarta, uma pane técnica afetou o sistema responsável pelos planos de vôo no Cindacta-2, no Paraná, responsável pelo tráfego aéreo na região Sul e em parte de São Paulo. A espera, ao longo do dia, atingiu 8,4% dos 1.537 vôos programados.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXÍLIO EMERGENCIAL
Mães menores de idade podem pedir auxílio emergencial, veja como
BONITO - MS - RESERVAS ANTECIPADAS
Em Bonito (MS), mergulho com cilindro no Rio Formoso, reserva antecipada até 50% de desconto, VEJA
600TÃO NA CONTA
Aniversariantes de janeiro podem transferir e sacar 2ª parcela dos R$ 600 neste sábado
FRIO, AR SECO E COVID-19
Frio, ar seco e covid-19, 'vassourinhas' do sistema respiratório ficam preguiçosas com o frio
ESCALADA DE ENTERROS
Brasil aproxima de 26 mil mortes por covid 19
ESTUPRO
Homem é preso em flagrante tentando estuprar mulher desacordada
AUXILIO EMERGENCIAL
A 2ª parcela do auxílio de R$ 600 foi cancelada? Saiba como resolver o problema
CORONAVIRUS NO BRASIL
Covid-19: Brasil passa dos 400 mil casos confirmados e 25 mil mortes
MORTES CONTINUAM
Brasil é o 2º país no mundo com infectados com o coronavirus
FRAUDE
URGENTE! 160 mil possíveis FRAUDES no auxílio emergencial de R$600