Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 14 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Inflação oficial acelera e tem alta de 0,28% em outubro, diz IBGE

11 Nov 2009 - 09h09Por Folha Online

A inflação oficial usada pelo governo, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), acelerou para 0,28% em outubro, informou nesta quarta-feira o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em setembro, o índice havia registrado alta de 0,24%.

Em outubro de 2008, a inflação havia sido de 0,45%. Nos últimos 12 meses, o IPCA acumula alta de 4,17%. De janeiro a outubro, a inflação foi de 3,50%, ante 5,23% em igual período no ano passado.

As principais influências sobre o indicador no mês passado foram os itens combustíveis, que subiram 1,74%, com contribuição de 0,08 p.p. (ponto percentual) --dos quais 0,04 p.p. são do álcool e 0,04 p.p., da gasolina. O litro do álcool ficou 10,61% mais caro e a gasolina 1,06%.

Na região metropolitana de São Paulo, o litro do álcool teve variação positiva de 14,64%

Os produtos não-alimentícios tiveram aceleração e registraram inflação de 0,39%, ante 0,35% em setembro. Nesse grupo, também subiram as despesas com transportes (de 0,27% em setembro para 0,51% em outubro), influenciadas pela alta no preço dos carros novos, que ficaram 1,08% mais caros.

Contribuíram, no grupo dos transportes, a alta de 2,73% do seguro de veículos, e de 0,62% das tarifas de ônibus intermunicipais.

A conta de telefone fixo subiu 0,50% em outubro e as tarifas de telefone celular ficaram 2,14% mais caras. Com isso, os custos com comunicação tiveram alta de 0,91% em outubro, ante 0,22% no mês anterior.

Os alimentos tiveram leve aceleração e ainda registram deflação de 0,09%, contra variação negativa de 0,14% em setembro. A principal contribuição veio da alta do preço da cebola --de 26,89%, contra 5,78% em setembro. Também aceleraram os preços das carnes (de 0,26% para 1,23%), tomate (de 2,42% para 6,74%) e açúcar refinado (de 9,15% para 9,56%).

O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), calculado entre as famílias com renda mensal até seis salários mínimos, ficou em 0,24% em outubro, ante 0,16% observados no mês anterior.

Nos 12 meses encerrados em outubro, o indicador acumula elevação de 4,18%, abaixo dos 4,45% relativos aos 12 meses imediatamente anteriores. No acumulado do ano, o INPC tem alta de 3,48%, contra 5,77% observados de janeiro a outubro de 2008.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas