Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 31 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Inflação do aluguel acelera e fecha maio em alta de 1,19%

28 Mai 2010 - 10h20Por Agência Brasil

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) teve alta de 1,19% em maio. O percentual é 0,42 ponto percentual superior ao do mês de abril, quando ele teve variação de 0,77%.

O IGP-M é um índice de inflação divulgado mensalmente pela Fundação Getulio Vargas (FGV), usado como base para reajustar grande parte dos contratos aluguel.

Entre os três componentes do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) subiu 1,49%, resultado também superior ao de abril: 0,72%.

Contibuiu para o crescimento, principalmente, o aumento dos preços de matérias-primas. Só o item matérias-primas brutas subiu 5,83% em maio. No mês passado, a variação foi de 0,47%.

O Índice de Preções Consumidor e o Índice Nacional da Construção Civil (INCC) caíram, na comparação com o mês anterior.

O IPC, que trata dos preços de produtos vendidos ao consumidor final, variou 0,49% em maio, contra os 0,73% em abril. Só a variação do item alimentação caiu de 2,06% para 0,56%.

O INCC caiu de 1,17% para 0,93%. O item materiais e equipamentos recuou de 0,73% para 0,51%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TENTATIVA DE ESTUPRO
Vídeo mostra empresário assediando jovem na entrevista de emprego
PANE EM AVIÃO
'Sobrevivemos só com a água chuva', diz cantor de MT que ficou 24 dias na mata
PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia