Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 13 de junho de 2021
Busca
Brasil

Indústrias têm maior índice de geração de empregos do Estado em 5 anos

3 Mar 2010 - 06h30Por Fátima News com Assessoria

O setor teve crescimento de 48% sobre o estoque do ano base de 2005, enquanto os setores de serviços, comércio, agropecuária e administração pública apresentaram elevação de 28%, 20%, 11% e 8%, respectivamente

 

 

Com saldo de 552 empregos formais criados no mês de janeiro deste ano, o setor industrial, composto pelas indústrias de transformação, extrativa mineral, construção civil e serviços industriais de utilidade pública, alcançou um estoque total de 101,2 mil postos formais de trabalho em Mato Grosso do Sul, segundo levantamento do Radar Industrial da Fiems com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego.

 

 

O resultado faz com que as indústrias já sejam responsáveis por 20% de todo o emprego formal existente em Mato Grosso do Sul (511,9 mil postos), ficando atrás apenas do setor de serviços, com 127,8 mil postos ou 25% do total, e da administração pública, com 125,4 mil ou 24%. No entanto, quando comparado com o desempenho dos demais setores, o Índice de Evolução do Emprego Formal nas atividades industriais acumula o maior crescimento do Estado na comparação de 2005 com 2010.

 

 

Para se ter idéia, o índice no setor industrial, na posição verificada em janeiro de 2010, era de 148 pontos, indicando um crescimento de 48% sobre o estoque do ano base de 2005. Na mesma comparação, o setor de serviços apresenta um índice de 128 pontos e crescimento de 28%, enquanto o comércio tem 120 pontos e aumento de 20%, a agropecuária atingiu 111 pontos e elevação de 11% e a administração pública com 108 pontos e atingiu alta de 8%.

 

 

Na avaliação do Radar da Fiems, o índice verificado na indústria foi superior ao de serviços, comércio, agropecuária e administração pública em 16%, 23%, 33% e 37%, respectivamente. Os segmentos da indústria que mais geraram emprego no período avaliado – 2005 a 2010 – foram indústria da construção civil, indústria de transformação e indústria de extração mineral, respectivamente.

 

 

Em relação à igual mês do ano anterior, o Índice de Evolução do Emprego Formal teve o setor de serviços como o com a maior expansão, ou seja, crescimento de 4,1%, enquanto o comércio, a agropecuária e a indústria cresceram 3,4%, 2,8% e 2,1%, respectivamente. Já o setor da administração pública não apresentou alteração em seu índice.

 

 

Por fim, quando a comparação se dá com o mês imediatamente anterior somente os setores da agropecuária e indústria apresentaram evolução em seus índices, com expansão de 0,94% e 0,55%, respectivamente. No geral, no mês de janeiro, em Mato Grosso do Sul, foram criados 1.689 postos formais de trabalho e, em termos absolutos, quando comparado com as demais Unidades da Federação, o Estado apresentou a 15ª maior expansão.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta