Menu
SADER_FULL
quinta, 5 de agosto de 2021
Busca
Brasil

Indústria é responsável por 106,1 mil empregos em MS

26 Mai 2010 - 17h39Por TV Morena

O setor industrial de Mato Grosso do Sul, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, alcançou, no mês de abril, o estoque total de 106,1 mil empregos formais com o saldo de 2.079 vagas abertas no mês passado, mantendo a parcela de 20% de todo o emprego formal existente no Estado, segundo levantamento do Radar Industrial da Fiems com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego.

As indústrias do segmento de transformação foram as que mais geraram novos postos de trabalho no mês de abril com a abertura de 1.778 vagas, enquanto no ano foram 4.577. Já o setor industrial como um todo gerou em abril 2.079 vagas e 5.476 no ano.

O resultado observado em abril permitiu ao setor industrial de Mato Grosso do Sul alcançar o maior estoque de empregos formais já registrado em toda a série histórica para o segmento, superando março deste que era o maior até então.

A variação observada no estoque do emprego industrial, comumente, apresenta uma expansão acelerada até meados do ano, apesar da ocorrência de algumas oscilações de mês para mês.

Em seguida, conforme o Radar da Fiems, ele apresenta uma acomodação nos meses de julho e agosto, voltando a registrar um comportamento crescente nos meses de setembro a novembro, porém com uma intensidade menor que a registrada no primeiro semestre.

Já em dezembro, é comum a ocorrência de novos ajustes no saldo dos empregos formais do segmento.

Em Mato Grosso do Sul, o Índice de Evolução do Emprego Formal nas atividades industriais amplia ainda mais a sua evolução acumulada.

Para se ter idéia, o índice no segmento industrial, na posição verificada em abril, foi de 155,4 pontos, indicando um crescimento de 55% sobre o estoque do ano base (2005).

Na mesma comparação, o setor de Serviços apresentou um índice de 132,1 pontos e crescimento de 32%, o Comércio com 121,4 pontos (+21%), a Agropecuária com 117,5 pontos (+18%) e Administração Pública com 108,0 pontos (+8%).

Ou seja, o índice verificado na Indústria apresenta um ritmo de expansão superior ao dos Serviços, Comércio, Agropecuária e Administração Pública em 18%, 28%, 32% e 44%, respectivamente.

Em relação à igual mês do ano anterior, o índice de evolução do emprego formal na Indústria, Serviços, Comércio e Agropecuária elevou-se em 5,2%, 4,7%, 5,4% e 3,1%, respectivamente. Já a Administração Pública não apresentou alteração em seu índice.

Quando a comparação se dá com o mês imediatamente anterior os setores da Indústria e Agropecuária apresentaram as maiores evoluções em seus índices, com expansão de 2,0% e 1,6%, respectivamente.

No caso do emprego formal total em Mato Grosso do Sul, o índice de evolução alcançou, em abril, a marca 125,2 pontos. Indicando, deste modo, um crescimento de 25% sobre o estoque do ano base (2005).

Em relação à igual mês do ano anterior, o índice total para o Estado apresentou um crescimento de 3,6%. Já quando a comparação se dá com o mês imediatamente anterior constata-se uma ligeira evolução, equivalente a 0,9%

Deixe seu Comentário

Leia Também

HORROR NA NOITE
Homem mata ex de 16 anos a facadas e deixa bebê "banhado" por sangue da mãe
TRAGÉDIA NA PISTA
Ônibus tomba em rodovia com 46 passageiros; casal e bebê morrem
FÁTIMA DO SUL - ORLA TCHAU FRIO!!!
TCHAU FRIO: Nova onda de calor deve chegar na próxima semana, confira a previsão
SUPERÁVIT
Petrobras anuncia lucro líquido de US$ 8 bilhões no segundo trimestre
BRASIL - 20.026.502 INFECTADOS
Brasil ultrapassa 20 milhões de casos de covid-19
TRAGÉDIA NA RODOVIA
Caminhoneiro embriagado invade pista contrária e mata cinco pessoas
ASSALTO À LOJA
Bandidos roubam loja e trocam tiros com a PM; numa ação audaciosa: veja fotos e vídeos
DOENÇA DO SÉCULO
Vídeo: cantora alerta famílias após filho de 16 anos cometer suicídio; "internet está doente"
BRASIL - 558.432 MORTES
Covid-19: casos sobem para 19,98 milhões e mortes, a 558,4 mil
AMOR BANDIDO
Homem leva facada da esposa, perdoa e casal sai de mãos dadas da delegacia