Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Índios mantêm invasões em fazendas de Amambai

8 Jan 2007 - 10h00
Vilson Nascimento

Pelo menos 200 índios da etnia guarani-caiuá da Aldeia Taquapiry de Coronel Sapucaia permanecem nas fazendas Madama e a Nova Esperança, em Amambai. O dono da fazenda Madama, Antônio Vendramini, deve ingressar hoje com pedido de reintegração de posse. Ele é de São Paulo, mas já se descolou para a fazenda.

Os indígenas invadiram a área na madrugada da última sexta-feira, sendo que eles chegaram a bloquear uma estrada vicinal que dava acesso a área. A Polícia Militar, já conseguiu liberar a passagem de veículos.

O grupo chegou a se apossar da casa da fazenda e de um trator da propriedade. Os índios alegam que a área pertence a eles e se negam a sair da fazenda. Para controlar a situação, a Polícia Federal, o DOF (Departamento de Operações da Fronteira) e a Funai (Fundação Nacional do Índio) já estiveram no local.

A fazenda Madama possui 2,4 mil hectares, sendo que parte é arrendada para lavoura e outra possui criação de gado. O administrador regional da Funai, Gildo Martins, disse que os índios alegam que não vão estragar nenhum bem da propriedade. Eles pedem para que os donos da área retirem os bens do local, alegando que a fazenda é deles.

 

Midia Max News

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro