Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Índios de Dourados invadem fazenda em distrito de Itaporã

24 Nov 2006 - 13h57

Pelo menos 30 famílias indígenas da Aldeia Jaguapirú, em Dourados, invadiram na noite de ontem uma fazenda no distrito Carumbé, no município de Itaporã. A previsão é de novos grupos de índios douradenses se desloquem para o local, reforçando ainda mais o movimento.

Lideranças indígenas afirmam a falta de água e de espaço para plantar obriga as famílias a deixarem as aldeias de Dourados para escaparem da fome e do fantasma da desnutrição, que já ronda as aldeias. De acordo com o capitão da aldeia Jaguapirú, Renato de Souza, as terras invadidas pertencem à comunidade indígena.

"Centenas de famílias moravam naquela localidade há 60 anos atrás, os fazendeiros foram aos poucos tirando os índios da colônia. Estamos reivindicando nossos direitos", explica Souza, completando que a intenção dos invasores é fazer um acordo com os fazendeiros.

"Queremos que a União compense o dinheiro investido para os compradores e nos devolva a terra", revelou o capitão, lembrando que a comunidade vem buscando alternativas para conseguir a ampliação da aldeia, mas nenhuma providência foi tomada.

"O certo não é o índio ficar invadindo terra. O Incra que deveria buscar formas de garantir o bem-estar indígena, evitando conflitos até mortes. Corremos este risco para garantir nossos direitos mas acabamos desenvolvendo uma ação que não é de nossa responsabilidade. Infelizmente não dá mais para esperar por nossos representantes fome", disse.

A área invadida, com mais de 40 quilômetros de extensão liga a aldeia Jaquapirú ao distrito de Corumbé. Ano passado o antropólogo Marcos Homero, do MPF (Ministério Público Federal), apresentou um laudo de identificação em que afirma que as terras eram ocupadas tradicionalmente por índios, mas a tese ainda não foi acatada.

Cido Costa/Dourados Agora

A Reserva Indígena de Dourados conta com 3.470 hectares e no local residem cerca de 13 mil indígenas. O capitão explica que a situação da aldeia Jaguapirú é precária. A falta de água é constante. As hortas deram lugar as casas, já que a população cresceu. "O projeto de ampliação das aldeias infelizmente não sai do papel e a comunidade padece", disse.

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro