Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Índio é acusado de abusar de filha de 13 anos em Tacuru

25 Nov 2004 - 11h07

Um indígena da etnia Caiuá está sendo acusado por sua filha, uma menina de 13 anos de estar praticando há dois anos estar abuso sexual contra ela.

O fato foi descoberto depois que Roberto Vides Alves, de 44 anos fraturou o braço direito de seu filho de nove anos com um pedaço de madeira (caibro). Uma equipe da Polícia Civil e do Conselho Tutelar local foram informados sobre a agressão, e deslocaram-se até a casa do indígena, na cidade de Tacuru, distante 407 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações da polícia, o garoto em companhia de suas outras três irmãs, de 7, 10 e 13 anos foram até o pronto socorro do município, para que o menino recebesse atendimento médico.

No local, a adolescente de 13 anos em conversa com um policial, disse que o pai a algum tempo vinha abusando-a sexualmente. As garotas de 7 e 10 anos também comentaram que algumas vezes Alves tirava sua roupa e deitava-se sobre elas, mas nunca havia realizado o abuso.

A polícia decidiu então ouvir o indígena, que disse não se lembrar de ter praticado tal ato e que se chegou a cometer o estupro estava alcoolizado. Ele também disse em seu depoimento, que nas aldeias de sua etnia, é comum os indígenas se deitarem próximo ao fogo e manterem relações sexuais entre pais e filhos. O acusado ainda informou que sua esposa havia abandonado a família há quatro anos e ele estava criando os filhos sozinho.

Após ouvir as crianças e o acusado, ele foi liberado, pois somente estava confirmada a agressão física contra o garoto.

A polícia decidiu então pedir sua prisão preventiva junto a justiça do município, que deve ser dada nas próximas horas. As crianças foram encaminhadas para uma residência de uma missionário até que um local para abrigar os indígenas seja escolhido.

 

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho