Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
segunda, 12 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Índio decapitado é tio de Cururu que também decapitou dois

16 Set 2004 - 08h47
Assunção Raulio, 52 anos, morto decapitado na aldeia Bororó e jogado num poço, é tio de  Reginaldo Vilhalva, de 19 anos, o Cururu, que matou decapitado dois adolescentes, também moradores na mesma aldeia.

Assunção, assassinado na madrugada de hoje,  foi executado em frente à residência de Milton e Adriane Vilhalba, que são pais de Cururu, que também residia no local.

Cururu está preso na Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorin Costa (PHAC).

RETROSPECTIVA

Na época, o delegado Oduvaldo Pompeu, o Telê, confrontou  o indígena Ari Valdez, de 20 anos, o Caloi, apontado como co-autor e Reginaldo Vilhalva, de 19 anos, o Cururu, apontado como autor dos bárbaros crimes.

Durante a acareação realizada por Telê, Reginaldo continuou negando a execução dos dois adolescentes. Valdez, por sua vez, confessou o crime na frente do acusado, fornecendo riqueza nos detalhes durante as execuções.

Ari protagonizou as circunstâncias durante os crimes, apontando com exatidão, os locais onde as cabeças foram decapitadas. Essa medida foi tomada por Reginaldo para dificultar a identificação das vítimas, disse Ari. Segundo a polícia, Reginaldo jurou o comparsa de morte.

O índio encontrado morto na aldeia Bororó, em Dourados, foi assassinado, decapitado e jogado em um poço de água com cerca de dez metros de profundidade.

A polícia civil e a Perícia estão no local. Ao lado do poço, há uma cadeira com as pernas voltadas para cima, uma blusa e um boné ensanguentados. 

Há sangue por todo o terreno em frente à casa de número 83A onde reside o casal Milton Vilhalba e Adriane. Os dois contam que estavam procurando lenha e que chegaram no início da manhã quando encontraram poças de sangue pelo local onde também há marcas de um objeto cortante, que pode ser facão ou um machado. 

O homem foi morto em frente à casa dos pais de Cururu, que está preso na PHAC. Ele e outro comparsa teriam decapitado dois adolescentes na Aldeia Bororó, em meado deste ano.

 

 

Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo