Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Indígenas desocupam fazenda invadida no distrito de Itaporã

27 Nov 2006 - 08h21

Terminou a invasão de terra feita por índios de Dourados em propriedades que compreendem do córrego São Domingos ao rio Santa Maria, abrangendo o distrito de Carumbé, em Itaporã, num total de 90 mil hectares. Após consenso entre produtores e índios que se preparavam para levantar acampamento na área, os indígenas foram entregues a representantes da Funai (Fundação Nacional do Índio) em Dourados e acomodados na Aldeia Jaguapiru.

Ao final do conflito, os índios liderados por Taiti Bejun foram conduzidos até a Polícia Civil em Itaporã e, depois de ouvidos, foram encaminhados à Reserva Indígena de Dourados. O 3º Pelotão da Polícia Militar de Itaporã utilizou uma caminhonete para transportá-los até a reserva.

No local onde os índios permaneciam desde quinta-feira à noite, foram encontrados vários fardos de arroz, feijão e outros mantimentos de primeira necessidade. Também encontraram rolos de lonas pretas, vários pedaços de tecidos na cor vermelha que serviriam para a demarcação de terra.

Taiti Bejun disse os índios queriam apenas o que era deles. A afirmação é baseada na possibilidade da área reclamada ser em outrora ocupada por índios, alegando que ancestrais foram enterrados na região.

 

Mídia Max

Leia Também

BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'
NAUFRÁGIO
Barco naufraga e duas pessoas desaparecem; buscas continuam nesta segunda (11)
FOTO: REDES SOCIAIS DESCARGA FATAL
Jovem morre ao desligar geladeira da tomada após queda de raio