Menu
SADER_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Incra dá 90 dias para 56 famílias contestarem Picadinha

23 Dez 2009 - 15h49Por Diário MS
O Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) concluiu o processo de demarcação da Comunidade Quilombola Dezidério Felipe de Oliveira, conhecida como Picadinha, em Dourados, a 230 quilômetros da Capital. Com a publicação do relatório no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, as 56 famílias de produtores rurais terão 90 dias para contestar o processo administrativo.

Segundo o relatório assinado pelo superintendente substituto do órgão, Waldir Cipriano Nascimento, Picadinha terá uma área de 3.538 hectares e beneficiará 60 famílias descendentes de quilombos.

Dos 56 proprietários, 10 não apresentaram os documentos para comprovar a posse da área e ter direito à indenização. O prazo de três meses conta a partir de hoje.

A Comunidade Quilombola em Picadinha é alvo de protestos dos produtores rurais, que querem impedir a demarcação. O vice-presidente da Associação dos Moradores de Picadinha, Néri Decian, afirmou, durante protesto no mês passado, que o Governo federal estará cometendo uma injustiça com os donos das áreas.


Leia Também

# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 10,3 mil casos e 284 mortes em 24 horas