Menu
SADER_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
Busca
FÁTIMA DO SUL

Inclusão de deficiente visual vira desafio de Escola em Fátima do Sul

12 Nov 2009 - 13h40Por Redação Fátima News

Há três anos a Escola Estadual Senador Filinto Müller atende alunos com deficiência visual – cegos e baixa-visão. Hoje estão freqüentando regularmente as aulas quatro alunos cegos e uma aluna baixa-visão.

 

 

Um dos primeiros alunos matriculado foi o senhor Getúlio Valentin Assunção que nunca havia freqüentado a escola e com 60 anos está alfabetizado. Apesar das dificuldades motoras consegue ler e escrever em Braille utiliza o sorobã para cálculos matemáticos e é um grande incentivador de seus colegas pela sua persistência e coragem. Estuda a 2ª fase da EJA

 

 

A Angélica Dionízio Rocha é aluna da escola desde 2003 iniciou com baixa-visão e hoje possui apenas resíduo de luminosidade. Já lê e escreve em Braille. Utiliza o programa de computador para cegos – Dosvox - com muita facilidade e autonomia. Estuda o 5º ano do Ensino Fundamental. É uma aluna dedicada e esforçada, recebe muito apoio da família.

 

 

A aluna Daniela Ledesmo foi uma das primeiras alunas a freqüentar a escola também nunca tinha freqüentado escola e hoje se sente realizada, pois fez novas amizades e está totalmente integrada e incluída no grupo. Estuda o 2º ano do Ensino Fundamental

 

 

A aluna Marina Rosa da Silva chegou depois. Já havia sido alfabetizada no Instituto dos Cegos de Campo Grande. Lê e escreve com muita desenvoltura o Braille. É muito crítica e simpática.

 

 

A aluna Irene Ramos tem baixa-visão como conseqüência do albinismo, e está cursando o 7º ano do Ensino Fundamental. É muito corajosa e perseverante, mãe de dois filhos – um deles estuda com ela e ajuda em sala de aula. Quer ser professora.

 

 

Além de freqüentarem o ensino regular os alunos recebem aulas na sala de recursos em outro turno, onde aperfeiçoam as técnicas do sistema Braille de escrita, aprendem sorobã e recebem instruções sobre como se orientar no espaço – Orientação e Mobilidade e AVD.

 

 

A escola recebeu uma Sala Multifuncional DV para atender esses e outros alunos que virão no ano de 2010.. São recursos de última geração para atender os alunos deficientes visuais e com isso facilitar seus estudos.

 

 

Com a reforma a escola será adaptada com piso tátil, rampas, e outros recursos de acessibilidade, tornando um ambiente adequado e facilitador para os deficientes visuais e outros.

 

 

Ser uma escola inclusiva é ser um espaço de todos e para todos. Espaço este em que devemos buscar atender e entender a diversidade humana.

 

 

Veja um pouco do trabalho desenvolvido na Escola Estadual Senador Filinto Muller clicando o link abaixo:

 

 

ESCOLA INCLUSIVA

 

 

Leia Também

# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 10,3 mil casos e 284 mortes em 24 horas