Menu
SADER_FULL
quinta, 29 de julho de 2021
Busca
Brasil

Incêndio ameaça Pantanal na Bolívia, no Paraguai e no Brasil

8 Jul 2010 - 18h45Por Folha Online

Um gigantesco incêndio na fronteira entre Bolívia, Brasil e Paraguai, originado por uma grande seca, está saindo do controle, colocando em risco matas dos três países e ameaçando o Pantanal. Uma reserva natural já foi afetada pelo fogo.

"O fogo é incontrolável, dá para vê-lo a quilômetros de distância. Quando começou, há duas semanas, constatamos que vinha do Brasil e afetava também o lado paraguaio", declarou à agência de notícias France Presse a diretora do parque nacional boliviano Pantanal Otuquis, afetado pelo incêndio. O Ibama contesta que o problema tenha começado do lado brasileiro da fronteira (leia mais abaixo).

O parque fica no sudeste da Bolívia e tem extensão de 1 milhão de hectares. Sua área abrange o trecho boliviano do Pantanal.

Em Assunção, a ONG Guyrá Paraguay afirmou em comunicado que "o incêndio está avançando para a zona do rio Negro, limite do Paraguai com a Bolívia. Tem 15 km de largura e está apenas 26 km ao norte da estação Tres Gigantes", na localidade de Bahía Negra. Fortes ventos, de quase 30 km/h, estão atiçando o fogo.

Robert Salvatierra, diretor do Parque Nacional Noel Kempff, também na Bolivia, afirmou que a seca nessa época é um processo natural. "Mas ela está ficando mais séria porque começa mais cedo e com mais intesidade, por causa da mudança climática", disse Salvatierra. Descuidos com o manejo de pastagens podem ter iniciado o problema, afirma ele.

IBAMA REBATE

O coordenador do Prevfogo (Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais) do Ibama no Mato Grosso do Sul, Márcio Yule, contestou as informações do governo boliviano. Ele afirma que o incêndio começou na Bolívia e, agora, avança em direção ao Brasil.

"O fogo está do lado boliviano, próximo à fronteira com o Mato Grosso do Sul, e nós estamos acompanhando seu deslocamento", afirmou.

Segundo ele, o Estado tem brigadas de incêndio em quatro municípos pantaneiros, o que garantiria uma ação rápida caso o fogo chegasse ao Brasil.

O Corpo de Bombeiros do Mato Grosso do Sul também rebateu a versão boliviana. Por meio de sua assessoria, a corporação negou que um incêndio de grandes proporções tenha começado no Estado e avançado em direção ao Pantanal da Bolívia.

No Mato Grosso, o Ibama e o Corpo de Bombeiros também negaram grandes focos próximos à fronteira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRISE HÍDRICA
Novas fontes preparam MS para a crise hídrica, ressalta governador
ABAIXO DE ZERO
Com -8,6°C, SC registra a menor temperatura do Brasil em 2021, diz Inmet
COVID-19
Em dia de aumento de casos Brasil tem 1.333 óbitos por Covid - 19 nas últimas 24 horas
CONCURSO PÚBLICO
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas
BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos
COVID 19 NO BRASIL
Brasil registra 19,68 milhões de casos de covid-19 e 549,92 mil mortes
Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'