Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Inaugurações destacam os 29 anos de Mato Grosso do Sul

6 Out 2006 - 17h10
A comemoração em homenagem aos 29 anos de Mato Grosso do Sul, pelo Estado, terá uma ampla programação acompanhada pelo governador Zeca do PT, que privilegiará a abertura de espaços para resgatar e marcar a memória e história do Estado. A cultura, lazer e nova infra-estrutura em diversas regiões completam as festividades. Os eventos terão destaques em diversas inaugurações de reformas e entregas de novos espaços de utilização imediata por toda a população, e ainda, o lançamento de obras de geração de empregos na diversificação da economia estadual, com o biodiesel, e a siderurgia em Corumbá.

As obras que serão inauguradas desenvolvendo e resgatando cidadania, história, cultura e lazer da população são a entrega, no dia 11 (quarta-feira), pela manhã, das reformas dos centros de Cultura, Esporte e Lazer Jaques da Luz e Airton Senna e o memorial Casa do Homem Pantaneiro, todos na Capital. À tarde haverá as inaugurações da pista táctil e direcional para deficientes e da industria de equipamentos para a produção do biodiesel, todas em Campo Grande.

E ainda na Capital, na quarta-feira 11, à noite, ocorrerá um grande show musical do projeto Gerações com artistas regionais e de renome nacional, para a festa popular e inauguração do Memorial da Cidadania e Cultura Apolônio de Carvalho.

Os eventos da próxima semana, encerram-se dia 13, quando haverá a inauguração do Cine Teatro Ney Mesquita e praça Thomaz Larangeira em Porto Murtinho. No dia 16, retornam-se as comemorações, iniciando as entregas na área de infra-estrutura, que estão agendadas para os municípios de Bonito, Bela Vista, Caarapó, Amambai e Antonio João.

O governador Zeca do PT disse que essas obras serão mais um motivo de orgulho, entre centenas que seu governo deixará, sendo espaços privilegiados para a cidadania e cultura da população do Estado. “Vamos dar a visibilidade que merece a história de Mato Grosso do Sul. Proteger e preservar a memória, todo o conceito histórico e aqueles que construíram, no passado e hoje, o nosso Estado. E ainda, tratar com respeito e dignidade quem trabalha e pesquisa.”

O secretário de Estado de Cultura, Silvio Di Nucci, ressalta que são conquistas de um governo que se preocupa com obras voltada à pessoa, sua cultura e dignidade. “É a realização de um sonho, ou melhor, vários sonhos. Agora o Estado terá diversos espaços, para guardar, manter e marcar sua história.”


Memorial da Cidadania e Cultura Apolônio de Carvalho – O prédio da avenida Fernando Corrêa da Costa, onde funcionou o antigo Erpe (Edifício das Repartições Públicas Estaduais) foi a primeira sede do governo estadual. Após a inauguração do Parque dos Poderes, o local abrigou o Fórum de Campo Grande até 2001. O prédio foi totalmente reformado com investimentos de R$ 6 milhões e agora abrigará o Memorial da Cidadania e da Cultura Popular Apolônio de Carvalho.

O espaço situado no centro de Campo Grande, tem oito pavimentos (andares). Totalmente restaurado, abrigará a Secretaria e a Fundação de Cultura do Estado e órgãos de cidadania a serviço da população, como terminais bancários, agências públicas e sala de informática (cyber café) que contará inicialmente com 50 computadores, adquiridos em parceria com o Banco do Brasil, para acesso gratuito.

O memorial terá também ambiente para exposição de artes plásticas, uma sala de homenagem e onde será contada a história de Apolônio de Carvalho, e ainda café cultural, auditório com 150 lugares e estacionamento para 84 veículos.

Nos setores de história e cultura se instalará o Museu da Imagem e do Som, a Biblioteca Pública Isaías Paim, o Arquivo Público e o Museu Arqueológico de Mato Grosso do Sul, gerido pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), que mantém há 20 anos estudos, pesquisas e descobertas da arqueologia do Estado.

Gilson Rodolfo, doutor em Arqueologia e responsável pelo museu, disse que o local será um grande presente que marcará Mato Grosso do Sul, pois a UFMS possui mais de 70 mil peças, algumas com até nove mil anos, mostrando os hábitos culturais de nossa região num passado remoto, como também da atualidade. “O museu é um o marco para o Estado. Iremos proporcionar conhecimento a milhares de pessoas. Com um caráter educativo, a população terá ensinamentos milenares. Irá ter uma produção cultural, verá todos os aspectos do plano abstrato até as formas de hoje, do que [quem] já habitou por nossa região.”

Memorial do Homem Pantaneiro – Será uma casa de história do Homem e peculariedades do Pantanal sul-mato-grossense, no parque das Nações Indígenas em uma área de dois hectares, cedida pelo governo do Estado. A casa será construída como ponto de referência para resgate, valorização, preservação e divulgação da memória cultural do Pantanal sul-mato-grossense.

O projeto foi idealizado pelos professores Albana Xavier Nogueira e Eron Brum, da Uniderp (Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal).


Parques - O Estado investiu aproximadamente R$ 186 mil na reforma dos parques, recuperando os centros de Cultura, Esporte e Lazer Jacques da Luz (das Moreninhas) e Ayrton Senna (Aero Rancho) em Campo Grande.

Os centros populares da Capital, incluindo ainda o da região da Nova Lima e outros dois em Corumbá e Dourados, foram construídos no governo de Zeca do PT, dispondo de piscinas, quadras cobertas, anfiteatro, pistas de atletismo e campos de futebol. O atendimento em média é de 2 mil pessoas por semana, oferecendo recreação, atividades esportivas, oficinas culturais e atendimento social às comunidades com natação, hidroginástica e cursos de dança e arte.


Cine Teatro - O antigo Cine Bar de Porto Murtinho, prédio de patrimônio histórico do município, foi totalmente recuperado e readaptado a um espaço cultural ampliado, tornando-se o Cine Teatro. O local, além de sala de projeção cinematográfica, se transformará em anfiteatro adaptado para apresentações teatrais e realização de shows, convenções, palestras e exposições.

O espaço foi readaptado com a construção de palco, camarins e espaço expositivo, fazendo parte de mais uma unidade do patrimônio histórico recuperado pelo governo do Estado no município, abrigando e proporcionando o turismo de evento e o resgate da memória e história municipal.


Praça - Em frente ao Cine Teatro se estende a Praça Thomaz Larangeira, que também passou por completa revitalização e será entregue à população no mesmo ato. Assim como no antigo Cine Bar, a praça também foi palco dos romances do passado e de manifestações políticas do município.


Infra-estrutura - As comemorações se estendem à semana seguinte com a assinatura da concessão do aeroporto de Bonito, no dia 16, e as inaugurações das pavimentações asfaltica de três importantes rodovias, ligando mais quatro municípios do Sul do Estado, na fronteira com o Paraguai,.

Serão entregues dia 17 a pavimentação asfaltica da rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Caarapó. E dia 18 a MS-384 em Bela Vista, trecho que liga o município a Antonio João.

Ainda haverá o encaminhamento e assinatura da ordem de serviço para início da pavimentação da estrada Sul-Fronteira, que ligará os municípios de Sete Quedas, Paranhos, Coronel Sapucaia e Aral Moreira ao distrito de Sanga Puitã, em Ponta Porã.


Empregos - A geração de novas vagas de trabalho e a diversificação da base econômica será um grande presente à população nestas comemorações, pois serão abertos, no dia do aniversário do Estado (11 de outubro) os trabalhos da indístria de equipamentos para a produção do biodiesel, em Campo Grande. No dia 12, será o lançamento oficial da construção da Siderúrgica MMX, de produção ferro-gusa, em Corumbá.

O aniversário de Mato Grosso do Sul, neste ano, fecha um ciclo de dois mandatos do governador Zeca, com desenvolvimento e mudanças socioeconômica e cultural para o Estado. A programação com eventos de inaugurações de prédios públicos, para abrigar a cultura e lazer por meio da memória, história e arqueologia do Estado, centros esportivos e nas áreas da infra-estrutura, a diversificação da base econômica, comprovam esta mudança e o que ficará criado para os futuros governantes e a população.
 
 
 
Agência Popular

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA