Menu
BANNER IMPRESSORAS
domingo, 14 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
Brasil

Inadimplência do consumidor tem primeira queda no ano, aponta Serasa

11 Nov 2009 - 08h06Por Folha Online

A inadimplência dos consumidores caiu 0,5% em outubro na comparação com o mesmo mês no ano passado. De acordo com o indicador da Serasa divulgado nesta quarta-feira, é a primeira queda na comparação anual em 2009.

Em outubro de 2008, o Brasil passava por um dos piores momentos da crise econômica mundial, com retração no consumo, na produção e no crédito. Já no mesmo mês deste ano, destacam os analistas da Serasa, os sinais de recuperação da economia têm favorecido a queda gradual da inadimplência.

No confronto com setembro, o indicador apontou leve alta de 0,4%. O pagamento do 13º salário deve contribuir para a redução da inadimplência até o final do ano. No acumulado dos dez primeiros meses, a expansão chega a 7,9% --patamar apenas um pouco acima do registrado no comparativo entre janeiro e outubro de 2008 e de 2007 (7,5%), período caracterizado pelo crescimento econômico.

As dívidas com bancos lideraram o ranking de representatividade da inadimplência do consumidor no acumulado do ano, com participação de 44,6%, seguidas de cartões de crédito e financeiras (36,2%) e cheques sem fundos (17,3%).

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas