Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de junho de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Inadimplência com cheques é a menor em 13 meses, aponta Serasa

18 Nov 2009 - 08h34Por Folha Online

A inadimplência com cheques no país foi de 1,92% em outubro, o menor percentual registrado desde setembro de 2008, segundo os dados divulgados pela Serasa nesta quarta-feira. No comparativo com setembro passado, o levantamento apontou queda de 1,0% no número de devoluções, a terceira consecutiva.

Segundo a metodologia da pesquisa, o cheque é considerado sem fundos a partir da segunda devolução. No confronto de outubro com igual mês no ano passado, a inadimplência com cheques recuou 4,5% --primeiro decréscimo neste ano nesse tipo de comparação.

O retorno do crescimento econômico, com juros mais baixos, geração de empregos com carteira assinada e recuperação da renda têm proporcionado melhores condições para a queda da inadimplência com cheques, avaliam os analistas da Serasa. Os técnicos também destacam que, em outubro de 2008, o país entrava na crise econômica e tinha redução de liquidez, queda do consumo, da produção e do emprego.

No acumulado de janeiro a outubro, a inadimplência com cheques foi de 2,19%. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o número de devoluções cresceu 11,7%, impulsionado pela inadimplência elevada no primeiro semestre.

Os especialistas ressaltam que, nos primeiros três meses do ano, devido aos ajustes na oferta de crédito, o cheque pré-datado foi mais utilizado pelo varejo para financiar as vendas. A adoção de critérios menos rigorosos na concessão de crédito também é mencionada pelos técnicos como um fator que contribuiu para as elevações nos indicadores de inadimplência no segundo trimestre.

Para os últimos dois meses do ano, a perspectiva é de que a inadimplência com cheques continue em queda, por conta do pagamento do13º salário.

O Amapá segue sendo o Estado com o maior percentual de cheques devolvidos no país (9,75%), enquanto São Paulo se manteve como o de menor número de devoluções (1,69%). Entre as regiões, a Norte lidera com 4,98% de cheques devolvidos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade