Menu
SADER_FULL
domingo, 28 de fevereiro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Idoso morre atropelado e já é a 14ª morte no trânsito da Capital em 19 dias

1 Jun 2011 - 07h20Por Campo Grande News

Antônio Nunes de Oliveira, 70 anos, morreu na noite dessa segunda-feira na Santa Casa de Campo Grande após ser atropelado por uma motocicleta na Vila Margarida. Ele já é o número 14 na estatística de mortes no trânsito da área urbana da Capital desde o dia 11, quando foi lançada a campanha mundial para reduzir acidentes fatais.

O idoso foi atropelado por uma motocicleta no cruzamento das ruas Rio Negro com Todos os Santos no fim da tarde. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o hospital com politraumastismo e inconsciente.

De acordo com registro policial, Antônio passou por duas sessões de reanimação, sendo a última durante 30 minutos, mas não voltou a respirar.

Uma prima dele ficou sabendo do acidente ao descer do ônibus, em frente ao local, e disse à Polícia que Antônio andava com dificuldade devido a limitação física. Moradores do bairro colocaram fogo em alguns objetos no meio da rua em manifestação em prol de mais sinalização.

Segundo dados da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Antônio é o quinto idoso a morrer em decorrência de acidentes entre os dias 11 e 30 deste mês. Cinco foi o total de óbitos de pessoas com mais de 64 anos durante todo o ano de 2010.

A técnica em educação para o trânsito Vera Lúcia de Matos, explica que a estatística do ano passado foi feita somente com dados de pessoas que morreram no local do acidente. Já os números deste mês incluem também àquelas que foram a óbito no hospital.

Com a morte de Antônio, o Placar da Vida, que marca os dias em que não houve vítimas fatais zerou ontem. Caso não tivesse zerado, seria o terceiro dia consecutivo sem acidentes fatais.

Orientação- De acordo com a educadora, devido a quantidade de idosos que morreram nos últimos dias, a Agetran irá intensificar o projeto Idoso na Faixa, que acontece já há três anos. Serão palestras em unidades de saúde e centros de convivência.

Vera diz que é importante que o idoso - seja ele pedestre ou motociclista -, use roupas claras durante à noite, esteja sempre com calçados confortáveis e lembre-se que a visão e a audição estão comprometidas. E em casos em que há limitações físicas e/ou mentais, é fundamental o acompanhamento de outra pessoa.

Conforme Vera, a orientação para todos é que não excedam a velocidade permitida na via, atravessem na faixa de pedestre e respeitem a sinalização

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARCERE PRIVADO
Homem é preso por cárcere privado e violência doméstica após mulher pedir socorro com foto nas redes
NOVO AUXILIO
Presidente afirma Auxílio emergencial deve voltar em março, com parcelas de R$ 250
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença
CNH GRÁTIS
CNH Grátis: 8 mil carteiras gratuitas liberadas pelo DETRAN; inscreva-se
FINAL DA COPA DO BRASIL
Quem será o campeão da Copa do Brasil?
DIVIDA PÚBLICA
Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões
ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
LOCKDOWN
Com explosão de casos de covid, e 14 deputados infectados A. Legislativa volta a fechar as portas