Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 11 de maio de 2021
Busca
Brasil

Idaterra divulga dia 16 número de inscrito ao Bolsa Estiagem

13 Ago 2004 - 14h45
 

Na segunda-feira, o Idaterra (Instituto de Desenvolvimento Agrário, Assistência Técnica e Extensão Rural) vai divulgar o número de produtores familiares inscritos no Bolsa Estiagem. O programa vai atender aos agricultores familiares prejudicados com a seca no início do ano.

Em Mato Grosso do Sul serão 1.832 cotas, o equivalente a R$ 549 mil, para serem distribuídos entre os produtores familiares de 15 municípios do Estado (Dourados, Amambaí, Caarapó, Fátima do Sul, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Bataiporã, Juti, Laguna Caarapã, Maracajú, Naviraí, Paranhos, Ponta Porã, Rio Brilhante e Terenos). Cada produtor terá direito a um auxílio de R$ 300, em parcela única, sem a necessidade de reembolso desses recursos.

A relação dos aprovados será divulgada no dia 26 de agosto, por meio dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável, que vão fazer a seleção dos inscritos. O pagamento do benefício começa a ser feito pelo Banco do Brasil em 8 de setembro.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto