Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 7 de maio de 2021
Busca
Brasil

IBGE espera que cidadãos respondam o censo por vontade própria

3 Ago 2010 - 06h44Por Agência Brasil

Embora os cidadãos sejam obrigados, por lei, a prestar informações ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o chefe da unidade do Rio, Romualdo Rezende, disse hoje (2) que prefere que os moradores respondam à pesquisa do Censo 2010 por estarem convencidos da importância do trabalho.

Para fazer o Censo 2010, o IBGE visitará, até o dia 31 de outubro, os 58 milhões de domicílios do país, para colher informações sobre os moradores e as condições de vida das famílias brasileiras. Cerca de 190 mil recenseadores já estão nas ruas para levar os questionários aos cidadãos.

Segundo o IBGE, até hoje não há registro de que a Lei 53.534, de 1968, que obriga a população a responder o questionário, tenha sido aplicada. A lei instituiu o pagamento de multa de até dez salários mínimos para quem se recusar a atender aos recenseadores do IBGE. Rezende destacou que a lei também garante o sigilo da informações.

"Na recusa da informação, está prevista uma multa. Mas isso nunca foi usado pelo IBGE porque não nos interessa multar as pessoas, mas convencê-las da seriedade do nosso trabalho e da importância de se responder às pesquisas da instituição, principalmente o censo", afirmou. Para Rezende, o melhor é que os cidadãos respondam às perguntas por vontade própria.

Para colher informações sobre os brasileiros, os recenseadores vão visitar os domicílios durante a semana, nos fins de semana e até mesmo à noite, no caso de o morador estar fora de casa durante o dia, no horário comercial.

Nesta edição do censo, existe também a possibilidade de o morador responder à pesquisa pela internet. O cidadão deve pedir ao recenseador de sua localidade os códigos de acesso ao formulário e preenchê-lo em até cinco dias por meio de computadores com conexão banda larga.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo