Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 12 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

IBGE contratará 1,24 mil trabalhadores temperários

7 Jul 2004 - 09h41
 

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) contratará 1.240 profissionais para serviço temporário de até um ano, prorrogável por mais um ano. As remunerações oferecidas vão de R$ 480 a R$ 1,3 mil, conforme portaria publicada hoje no DOU (Diário Oficial da União). A distribuição das vagas entre os Estados e os critérios para a concorrência ainda não foram publicados.

A autorização do ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Guido Mantega, prevê processo seletivo simplificado. E oferece R$ 1,3 mil de salário para analista censitário, com 75 vagas ; R$ 480 para agente de pesquisa e mapeamento, 1.137 vagas; e R$ 800 para técnico gráfico censitário, com 28 vagas. O processo será através de prova escrita, facultada ao IBGE a exigência de outros requisitos previamente fixados no edital de convocação, que será publicado futuramente.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - VAMOS ADOTAR UM PET
Oi eu sou a Maya!, você não quer me adotar?, veja como fazer a adoção pela ONG em Fátima do Sul
FATALIDADE
Adolescente morre após encostar em carregador que estava na tomada
BORA PRA BONITO - MS
Os 10 melhores passeios em Bonito, Mato Grosso do Sul
COVID-19
Em sessão remota, Eduardo Rocha pede um minuto de silêncio pelas mais de 100 mil mortes por covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho nesta quarta-feira
HORÓSCOPO DO DIA
Horóscopo desta quarta-feira 12 de agosto de 2020
DEU RUIM - OZONIOTERAPIA
COVID: Deputada que apoia aplicação de ozônio no combate ao coronavírus é internada com covid-19
VÍTIMA CORONAVÍRUS
CORONAVÍRUS: Médica de 29 anos perde a vida para a covid-19 após ficar quase 30 dias da UTI
BRASIL - 102.034 MORTES
Brasil confirmou 102.034 mortes e contabiliza 3.068.138 infectados pela Covid-19.
SAÚDE
CLOROQUINA: Pacientes reumáticos que fazem uso de cloroquina não estão imunes ao coronavírus