Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Hospital de Ivinhema mantém horta própria

10 Jul 2006 - 10h36
O Hospital Municipal “Reinaldo Massi”, no município de Ivinhema, vem dando exemplo no que se refere à economia nos gastos públicos, e ainda oferecendo alimentação de qualidade aos pacientes e funcionários. Há pouco mais de um ano o HM vem mantendo uma horta com o cultivo de 12 produtos de forma orgânica.
O diretor do HM, João Escarmanhani, o popular João Tortinho, disse que com a horta a Prefeitura de Ivinhema está deixando de gastar com a compra de legumes, verduras e até frutas. A horta do HM hoje está cultivando beterraba, couve, repolho, cenoura, coentro, cebolinha, almeirão, alface de duas qualidades e até mamão e banana.
João Tortinho explicou que antes o local era um espaço ocioso e de matagal. Ao assumir a direção do HM, ele aproveitou um funcionário do próprio estabelecimento de saúde e começou a desenvolver a horta. Após isso, reativou um poço artesiano, que fornece água não somente para a horta, mas também para todo o hospital.
“Nós apenas aproveitamos um espaço que estava abandonado, mas também um funcionário que estava à disposição e um poço com bom fornecimento de água. Depois começamos a produzir produtos orgânicos que servem não só os pacientes, mas também os funcionários. Com certeza é uma economia com produtos de qualidade”, disse João.
Toda a alimentação do Hospital Municipal, no que se refere à sopa e saladas, é a horta que está fornecendo. São legumes e verduras produzidos sem qualquer tipo de agrotóxico. Além disso, o local que antes estava abandonado, hoje ainda se tornou um lugar bonito e mais higiênico do ponto de vista da utilização.
João Tortinho informou que ainda pretende ampliar o espaço da horta, cultivando novas variedades. O objetivo, segundo ele, é oferecer um cardápio ainda melhor aos pacientes e funcionários. “Além da economia, também trabalhamos com a questão qualidade, que é imprescindível em um hospital”.
Com o poço artesiano, a Prefeitura de Ivinhema também deixou de pagar pela conta de água. Antes, somente o Hospital Municipal gastava em torno de 150 mil litros de água. Hoje, o poço está abastecendo toda a unidade hospitalar e a horta. A deputada estadual Celina Jallad esteve recentemente em Ivinhema e visitou a horta.
O prefeito Renato Câmara disse que sua administração está priorizando a saúde justamente porque é um grande anseio popular. Ele entende que praticamente a totalidade dos municípios do País padece na questão saúde, o que não é diferente em Ivinhema. “No entanto, aos poucos estamos avançando para melhor”.
Recentemente o prefeito Renato Câmara inaugurou o Posto de Saúde Familiar (PSF) do bairro Guiray, reformou o Hospital Municipal, o adequou com um Raio-X de 500 mA e contratou uma série de especialistas. Com isso, os ivinhemenses não precisam mais sair do município para procurar consulta em outras cidades.
 
 
Diário MS

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro