Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 22 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Homem invade posto de saúde e fica entalado em janela

26 Jun 2010 - 09h12Por JB Online

Um homem de 45 anos ficou preso na janela de um posto de saúde em uma suposta tentativa de furto ao prédio, na madrugada desta sexta-feira, no bairro Sítio Floresta, em Pelotas, no sul do Rio Grande do Sul. Um cachorro ficou ao lado do suspeito, que tem passagens pela polícia, durante o resgate e chegou a dificultar o trabalho de bombeiros e da Guarda Municipal.

 

A situação inusitada foi flagrada pela Guarda Municipal de Pelotas, acionada pela central de alarmes da corporação, por volta das 2h15 da manhã. "Estávamos em patrulha quando identificamos o chamado e, ao chegar no local, encontramos o indivíduo entalado na basculante. Chamamos os bombeiros para cortar a janela e soltá-lo", disse o guarda Paulo Treiber. O preso foi encaminhado ao Presídio Regional de Pelotas.

O animal que acompanhava o suspeito chamou atenção dos homens da Guarda Municipal. "Assim que chegamos para fazer a abordagem nos deparamos com uma cadelinha preta, que chegou a nos avançar protegendo o seu dono criminoso", disse Treiber. "Depois que o indivíduo saiu do Pronto Socorro e foi para a delegacia, seus familiares estavam preocupados apenas com o cão, tanto que voltaram no local para recolher o animal", afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada
CARROS SEMINOVOS
Como fazer uma boa escolha de veículos seminovos
LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas