Menu
SADER_FULL
quarta, 1 de abril de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Homem introduz abobrinha no anus e vai parar no hospital

13 Set 2013 - 15h48Por O Diário.com

Um homem solitário. Um filme pornô. E uma abobrinha. Esses três itens, aparentemente sem nenhuma, ou pouca, conexão, se tornaram personagens de uma história inusitada em Maringá nesta semana. E que acabou em uma cirurgia de emergência.
O homem de 63 anos estava em casa, alta madrugada de uma terça-feira sem graça, e decidiu assistir a um filme pornográfico. Entusiasmado com as performances dos atores, resolveu inserir um pouco mais de prazer em sua vida. Na falta de um consolo, revirou a despensa e reparou que, nas formas inocentes de uma abobrinha, havia um instrumento erótico em potencial.
Voltou à sala, o sexo correndo solto no DVD. Excitado, sacou da fruta (sim, é uma fruta) e introduziu seu vibrador ecologicamente correto no ânus. Triste destino o do vegetal, que escapou da panela para cair diretamente no fogo de uma paixão proibida.
O prazer se transforma em medo. Desconhecendo o poder de sucção de seu próprio reto, o homem se vê às voltas com uma abobrinha entalada e que não quer mais sair. Desesperado, tenta arrancar a fruta cilíndrica a todo custo - e quebra a dita ao meio. Um pedaço de tamanho considerável teimosamente se aloja no âmago do homem, cuja excitação inicial deu lugar a um terror incontrolável.
Às favas com a privacidade. Para salvar o próprio traseiro, é preciso colocá-lo na reta. Encaminha-se ao hospital, diz que há um objeto estranho em seu ânus. Enrola para dizer o que é e como foi parar lá dentro. Os médicos alertam que qualquer tipo de intervenção tem risco redobrado se eles não souberem exatamente o que aconteceu, e como. Pedem que o homem se acalme e sente para contar detalhadamente seu caso. Ele permanece em pé e se rende às argumentações dos especialistas. Conta tudo, afogueadamente, mas falando baixinho.
É um caso sério. Guias são preenchidas, exames são solicitados. Um raio-x descortina o renitente pedaço de abobrinha no interior do homem, a prova de um impossível caso de amor entre dois espécimes de reinos distintos. Aturdidos, os médicos decidem que é um caso de cirurgia. E de urgência.
O procedimento é realizado, o SUS - esse instituto tão criticado e vilipendiado - custeia a devolução da dignidade ao maringaense incauto. Aquele pedaço de mau caminho foi definitivamente retirado da vida dele.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL 2019
Relembre os principais momentos esportivos do Brasil em 2019
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo abre inscrições para contratar 751 profissionais de saúde em MT
BRASIL - 175 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 31 de março
SEQUESTRO
Depois de quase 3 horas, homem que fazia ex-esposa de refém se entrega
DOURADOS - COMÉRCIO CONTINUARÁ FECHADO
Sem acordo, Délia diz que comércio continuará fechado na 2ª maior cidade do Estado de MS
JATEÍ - AÇÃO SOCIAL
JATEÍ: Detentas doam seus cabelos para pacientes com câncer do Hospital do Câncer de Barreto
SEU BOLSO
FGTS: trabalhador tem até hoje para fazer saque de até R$ 998
COVID-19
VÍDEO: Com irmão internado, cantor Mariano está assintomático para o novo coronavírus
NO LIMITE
"A gente já chegou no limite", diz Bolsonaro sobre economia do país
SHOW HUMANIZADO
Com 5 horas de live, Gusttavo Lima arrecada 100 mil para combater o Covid-19