Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 7 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Homem confessa estupro de meninas de 4, 8 e 9 anos na Capital

15 Abr 2011 - 09h22Por Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente

Um homem de 38 anos foi preso em flagrante pelo estupro de três meninas – 4, 8 e 9 anos -, no Jardim Colibri, em Campo Grande. Ele foi denunciado pela companheira, mãe de duas das meninas, que ouviu o relato de estupro feito pela filha. O homem, que trabalha como servente de pedreiro, dava R$ 0,50 para as crianças e ainda as ameaçavas.

O flagrante aconteceu ontem, por volta das 7 horas. A mulher relatou à polícia que a conversava com uma das filhas, que contou como acontecia o abuso sexual. Além do estupro (sexo oral), ele mandava que as meninas tirassem as roupas para que ele fizesse fotografias. Ontem, o homem foi detido e confessou o crime.

O homem confessou aos policiais militares que abusava das meninas e disse que agia por vingança, pois a companheira saía de casa para festas e chegou a demorar até dois dias para voltar. Os dois viviam juntos há cinco anos. O registro da ocorrência relata que as meninas de 4 e 8 anos são filhas da mulher, mas não esclarece sobre a criança de 9 anos. O caso está sendo investigado na Depca .

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento