Menu
SADER_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Guga diz que deve voltar aos torneios em março

1 Dez 2004 - 18h03
Sem atuar desde a primeira rodada do US Open, em setembro, Gustavo Kuerten reapareceu para falar que está muito feliz com a recuperação da segunda cirurgia no quadril e que pode retornar ao circuito profissional da ATP em março.

“Vou dar tempo ao tempo. Vou voltar a treinar de repente só no ano que vem e se for pensar em campeonato é só em março. Antes disso não devo voltar, mas o bom é que a pior parte, aquela fase das muletas, e de muitas limitações, que eu não podia fazer muita coisa sozinho, já passou”, disse Guga.

Guga aproveitou para dizer que nos próximos dias vai voltar aos Estados Unidos para ser reavaliado por Mark Phillippon, médico que realizou a segunda operação no quadril direito.

“Vou fazer uns testes pra ver se já dá pra adaptar ao tênis devagarzinho. Se tiver autorização, vou entrar num estágio de mais força, sem começar a treinar, mas já fazendo uns exercícios mais específicos. Até agora o trabalho tem sido bem normal. É um pouco monótono às vezes, porque não posso surfar, sair correndo pra lá e pra cá, mas estou aproveitando para curtir mais esse lado pessoal, estou montando minha casinha, aprendendo a jogar xadrez, estou lendo mais e mantendo a rotina de recuperação com calma”, comentou.

Guga entrega prêmio por obras sociais

Primeiro colocado na ATP entre os jogadores brasileiros, Guga afirmou que não está preocupado com os rankings. Atualmente, o catarinense é o 36º na Corrida dos Campeões e 40º em entradas.

“De imediato não tenho pensado nisso. A hora que eu voltar bem, se voltar com meu ranking 60, 80 vai ser indiferente, porque me sentindo forte e a tendência é naturalmente eu ir me acomodando entre os melhores de novo. Hoje em dia luto contra a minha reabilitação, não contra os adversários e o ranking agora é o da evolução que eu tenho a cada semana”, disse.

A noite de terça-feira foi de emoção para Guga. O tenista compareceu à festa que anunciou os vencedores do 2º Prêmio IGK, a Grande Jogada Social. O seu instituto distribuiu R$ 12 mil aos vencedores das categorias jornalismo, atletas, agremiações, especiais e FAPS.

“Gostaria de parabenizar a minha mãe, que fez tudo isso aqui e dizer também que é uma satisfação entregar esses prêmios para dois caras que são amigos meus desde a infância, o Osvaldo Cipriano, pelo projeto o Tênis vai no Bairro e o Guga Arruda, pelo Surf Treino. A minha carreira foi a alavanca para tudo isso acontecer, desde aquele Roland Garros supresa de 1997. Se não fosse isso, não poderíamos realizar um evento tão grande como este, fazer uma festa bonita, com uma idéia e o conceito de uma coisa simples, mas importante”, completou.
 
 
Globo Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada