Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 13 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Guarani e Santos se enfrentam com metas diversas

2 Out 2004 - 08h43
Neste sábado, às 18h, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, o Guarani recebe o Santos em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. E, apesar das equipes se enfrentarem com objetivos bem distintos, têm em comum o fato de não dependerem apenas das próprias forças para alcançarem os objetivos.

Com 61 pontos, o time de Vanderlei Luxemburgo vai a Campinas tentando retomar a liderança da competição que deixou escapar na última rodada, ao ser derrotado pelo Internacional. No entanto, a equipe só terá o desejo realizado se vencer o Guarani  e o atual líder, o Atlético-PR, com 64, perder em casa para o Atlético-MG.

Já a equipe campineira tem outro sonho. Na lanterna do Nacional, com 31 pontos, o Bugre precisar vencer e torcer para que Vitória, Paraná (ambos com 33) e Grêmio (com 32) percam suas partidas.

Para o confronto, o técnico do Guarani, Agnaldo Liz, não poderá contar com Viola, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por isso, o treinador estuda armar o time no 4-5-1. Marcos Paulo, recém-contratado, tem chances estrear.

No ataque, Sandro Hiroshi pode atuar isolado ou ter a companhia de Evandro Roncatto ou Valdir Papel. Na lateral-direita, Simão deve entrar no lugar de Dida. Na zaga, no lugar de João Leonardo, suspenso, Juninho pode ganhar uma chance.

No Santos, a dúvida é quem substitui Preto Casagrande, fora do jogo com o terceiro cartão amarelo. Três são as possibilidades: Ricardo Bóvio, Marcinho e Basílio.

A probabilidade maior é que Luxemburgo escale o primeiro na equipe titular, mas manterá o mistério até momentos antes da partida.

GUARANI x SANTOS

Data: 02/10/04 (Sábado)
Hora: 18h
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Assistentes: Giovani César Canzian (SP) e Everson Luis Luquesi Soares (SP)

Guarani: Jean, Simão, Carlinhos, Juninho (Thiago) e Patrick; Careca, Roberto, Harison e Aílton; Sandro Hiroshi e Valdir Papel (Marcos Paulo ou Evandro Roncatto). Técnico: Agnaldo Liz

Santos: Mauro, Paulo César, Domingos, André Luís e Léo; Bóvio (Marcinho ou Basílio), Fabinho, Ricardinho e Elano; Robinho e Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
 
Globo Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore