Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 24 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
greve dos correios

Greve nos Correios encalha milhares de correspondências no MS

Assembleia nesta terça-feira pode definir início da paralisação

17 Set 2013 - 10h06Por Dourados Agora

Reunião que acontece às 18h30 desta terça-feira, na sede do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios, Telégrafos e Similares de Mato Grosso do Sul (Sintec-MS), em Campo Grande, pode definir o início da greve da categoria em todo Estado. Dependendo do que for decidido na reunião, a paralisação pode ter começar a partir das 20 horas, por tempo indeterminado.

Os funcionários pedem reposição do índice de inflação de agosto de 2012 a julho de 2013 calculado em 7.13% pelo Departamento Intersindical de Estudos Sociais e Econômicos (Dieese), repassados aos benefícios, acrescidos de mais 15% de aumento real, entretanto, a proposta apresentada peal empresa em negociação no último dia 13 não atendeu às expectativas. O valor apresentado pelos Correios não chega nem a 1% de aumento real.

Segundo o secretário geral do Sintect-MS, Alexandre Takachi de Sá, o atendimento ao público será severamente comprometido. “Se por acaso todos os trabalhadores forem favoráveis, a greve começa hoje mesmo e na manhã de quarta-feira, as agências dos Correios não vão abrir. Não haverá atendimento e todos os serviços serão temporariamente interrompidos. Certamente a empresa irá acionar a Justiça que vai determinar qual o percentual de trabalhadores que devem voltar a seus postos durante a greve, mas a princípio, não vamos abrir as portas”, declarou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AFOGAMENTO
Corpos de adolescentes desaparecidos são encontrados em 'piscinão'
CHACINA
Mulher, marido, filho e amigo são executados em chacina na saída de garimpo
LUTO NA MÚSICA
Morre, aos 83 anos, Seu Francisco, pai da dupla Zezé di Camargo e Luciano
LIGAÇÃO FATAL
Mulher dirige falando no celular, capota carro e morre
ASSASSINATO
Policia persegue e apreende menor que matou líder do PC do B em assentamento
TRISTEZA NA FAMILIA
Menino de 4 anos morre após quebrar o pescoço durante brincadeira
ALTA NO PREÇO
Bolsonaro diz que alta nos preços dos alimentos é consequência do "fique em casa"
CORONAVIRUS
UFPR confirma que dois cachorros testam positivo para coronavirus
AUXILIO POPULAÇÃO
Ala política defende prorrogar auxílio emergencial, mas Bolsonaro ainda não decidiu
DIAGNÓSTICO COMPROMETIDO
Bolsonaro diz que estados e municípios devem explicar testes de Covid sem uso prestes a vencer