Menu
SADER_FULL
terça, 2 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Greve de motoristas de ônibus em Dourados tem adesão de 13%

26 Mar 2007 - 13h10
Apenas 13% dos 230 motoristas e cobradores de ônibus das empresas de transporte coletivo urbano de Dourados cruzaram os braços nesta segunda-feira, de acordo com o gerente-geral da Viação Medianeira, Marcelo Soccol. "Os ônibus continuam rodando normalmente", afirma.

A paralisação foi anunciada na sexta-feira por Roberto Ferreira que integra a comissão de negociação. Ele e outros três foram indicados pelo Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo de Dourados, para participar das negociações com os patrões.

O presidente do Sindicato, Humberto Djalma Barros, diz que ficou sabendo da manifestação hoje e conta que ficou surpreso porque a negociação com as empresas não terminou. "E isto pode inclusive atrapalhar", diz.

Djalma avalia que é ainda cedo para falar em greve. "Tudo que se fizer neste momento, antes de findar negociações, será em vão. Da forma com foi colocada, esta paralisação é ilegal. Isto porque não fechamos nada ainda. E se fosse ter greve seria necessário cumprir alguns pré-requisitos, e isto não houve", afirma Barros.

Segundo o gerente-geral da Medianeira, a empresa concordou em reajustar os salários dos funcionários em 5%, o que representa 1,6% de ganho real já que a inflação do período foi de 3,6%. Os trabalhadores reivindicam 30% mais o vale gás, além da redução a jornada de trabalho, sendo que hoje os motoristas ganham R$ 499, enquanto os cobradores recebem R$ 350.

As viações Medianeira e Dourados, que passaram por fusão, mantém 21 linhas na zona urbana e distritos. O gerente salienta que a tarifa foi congelada no ano de 2005 em R$ 1,80 e conta com um bom público não pagante, entre estes os estudantes do Ensino Fundamental da escola pública, além de deficientes e idosos.
 
 
Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados