Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 27 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Grêmio empata aos 50min, vence nos pênaltis e leva 1º turno

10 Mar 2011 - 10h38Por Terra

Com uma reação na base da raça, arrancada aos 50min do segundo tempo, e vitória por 4 a 1 nos pênaltis, o Grêmio conquistou nesta quarta-feira, no Estádio Olímpico, o título do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Após sair perdendo por 2 a 0 diante do Caxias, com gols de Itaqui e Gerley, a equipe do técnico Renato Gaúcho buscou o empate com Willian Magrão e Rafael Marques - em partida que teve nada menos que oito minutos de acréscimo - e está assegurada nas grandes finais do Estadual, que acontecem nos dias 8 e 15 de maio.

O time gremista teve dois gols anulados corretamente durante o jogo, mas não desistiu e viu o goleiro Victor brilhar nas penalidades com duas defesas, em chutes de Dê e Diogo, para garantir o título. Lúcio converteu o pênalti decisivo. Agora, já garantido na decisão, Renato Gaúcho pode se concentrar exclusivamente na disputa da Copa Libertadores.

O Grêmio começou a partida de forma muito nervosa e foi dominado pelo Caxias no início. Após a entrada de Bruno Collaço no lugar de Carlos Alberto ainda no primeiro tempo, a equipe melhorou e buscou o empate nos acréscimos.

Primeiro tempo

O confronto já começou acelerado, com o Caxias tomando a iniciativa. Logo aos 2min, Edenilson trombou na área com Gilson e ficou pedindo pênalti, mas o árbitro Márcio Chagas da Silva mandou o lance seguir. Preso na marcação forte do time do interior, o Grêmio não conseguiu se encontrar nos primeiros minutos.

Aos 6min, mais Caxias no ataque: Lima perdeu chance inacreditável ao receber livre dentro da área e finalizar para fora. Dois minutos depois, Dê arriscou de fora da área, mas mandou longe da meta de Victor. Insatisfeito com a apatia da equipe, Renato Gaúcho mandou todos os reservas para o aquecimento logo aos 10min.

Errando muitos passes e perdido na marcação, o Grêmio só foi chegar aos 15min, em chute forte de Fábio Rochemback que fez o goleiro André Sangalli trabalhar. Quatro minutos depois, porém, saiu o primeiro gol dos visitantes. Itaqui acertou belo chute da intermediária no canto esquerdo de Victor, que não conseguiu chegar na bola.

O time tricolor balançou as redes aos 22min, mas o lance foi corretamente anulado. Após bola alçada na área, três jogadores do Grêmio apareceram na frente de André Sangalli, invalidando o lance. O Caxias seguiu pressionando e por pouco não ampliou aos 24min, quando Itaqui desperdiçou boa chance em cobrança de falta.

Furioso com o time, Renato sacou Carlos Alberto - inoperante pela faixa direita do meio de campo - e colocou Bruno Collaço para atuar pela esquerda, invertendo o posicionamento de Willian Magrão. A equipe pareceu "acordar" após a alteração e teve três chegadas perigosas em sequência, em cabeçada de Willian Magrão e chutes de Collaço e André Lima.

Justo quando o Grêmio parecia melhorar e o ritmo intenso do Caxias diminuía, os visitantes chegaram ao segundo gol. Após boa trama pelo lado esquerdo do ataque, o lateral Gerley recebeu de Everton e bateu firme; Victor falhou e não conseguiu impedir que a bola entrasse.

Mesmo com 2 a 0 contra no placar, a torcida gremista não parou de incentivar e o time conseguiu diminuir antes do intervalo. Aos 44min, Willian Magrão arriscou de fora da área, pegou bem na bola e acertou o canto de André Sangalli, minimizando o prejuízo tricolor na primeira etapa.

Segundo tempo

O time da casa voltou motivado para o segundo tempo, mas novamente não conseguiu se impor. O Caxias não se acomodou com a vantagem e seguiu buscando o gol, assustando Victor em algumas oportunidades. Já o Grêmio chegou aos 9min, com chute para fora de Bruno Collaço após rebote da zaga.

Aos 15min, a equipe tricolor desperdiçou ótima chance de empatar. André Lima arrematou da esquerda e a bola atravessou a área com muito perigo, mas ninguém apareceu para desviar. Logo o time do Caxias passou a fazer "cera" e demorar para repor a bola em jogo, rendendo um cartão amarelo para o goleiro André Sangalli aos 18min.

A pressão do Grêmio foi aumentando aos poucos e, aos 23min, o time teve outro gol anulado. Fábio Rochemback levantou na área em cobrança de falta e André Lima cabeceou para as redes, mas a jogada foi invalidada e gerou muitas reclamações do atacante. Dois minutos depois, Borges perdeu excelente oportunidade ao cabecear para fora após cruzamento de Gabriel.

Os minutos finais foram de muito nervosismo e ataques incessantes do Grêmio, que pressionava, mas não mostrava organização suficiente para furar a retaguarda do rival. O clima esquentou nos acréscimos, com troca de empurrões entre os jogadores, e Rodolfo e Marcelo Ramos acabaram expulsos.

Depois de mais chances de perigo do Grêmio, aos 50min, veio o gol salvador na base da vontade. Após lance confuso dentro da área, Borges dividiu com a zaga e a bola sobrou limpa para o zagueiro Rafael Marques, que chutou firme e deixou tudo igual no placar.

O Estádio Olímpico explodiu em festa e a partida só foi se encerrar aos 53min do segundo tempo. André Lima, que já havia sido substituído por Diego Clementino, ainda foi expulso por ofender o assistente Altemir Hausmann após o gol gremista.

Pênaltis

Nas cobranças de penalidades, Borges e Douglas bateram com firmeza nos dois primeiros chutes do Grêmio, enquanto Victor defendeu bem as finalizações de Dê e Diogo. Após Rochemback marcar e deixar o placar em 3 a 0, a reação do Caxias ficou praticamente impossível. Everton até conseguiu balançar as redes em sua cobrança, mas Lúcio fez 4 a 1 e sacramentou o título tricolor.

FICHA TÉCNICA

 

Grêmio 2 (4) x (1) 2 Caxias

Gols
Grêmio: Willian Magrão, aos 44min do 1º tempo, e Rafael Marques, aos 50min do 2º tempo
Caxias: Itaqui, aos 19min, e Gerley, aos 39min do 1º tempo

Grêmio
Victor; Gabriel, Rafael Marques, Rodolfo e Gilson (Lúcio); Fábio Rochemback, Willian Magrão, Carlos Alberto (Bruno Collaço) e Douglas; André Lima (Diego Clementino) e Borges. Técnico: Renato Gaúcho

Caxias
André Sangalli; Alisson, Edson Rocha (Neto), Marcelo Ramos e Gerley; Marcos Rogério, Dê, Itaqui (Diogo) e Edenilson; Everton e Lima (Pedro Henrique). Técnico: Lisca

Cartões amarelos
Grêmio: Rodolfo, Willian Magrão, Douglas e André Lima
Caxias: Edson Rocha, Marcos Rogério, Edenilson, Itaqui, Everton e André Sangalli

Cartões vermelhos
Grêmio: Rodolfo e André Lima
Caxias: Marcelo Ramos

Árbitro
Márcio Chagas da Silva

Local
Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)  

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHOS INTERROMPIDOS
Pais perdem filho de 7 anos em tragédia na BR-376: "Passaram o dia montando a casa para receber ele"
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
UTI LOTADAS
13 crianças com covid estão em estado grave em Cuiabá
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mãe descobre estupro ao desconfiar que filha de 12 anos tinha ciúmes do padrasto
VIRUS A SOLTA
Caixão com corpo que tinha identificação de risco biológico por Covid é achado em estrada
TRAGEDIA NA RODOVIA
Jovem fez vídeo antes de morrer em acidente no Paraná: 'Devagar, motora'
FATALIDADE
Padre cai de pedra em cachoeira e corpo é encontrado em poço
GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar