Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 16 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Gratuidade em viagen de idosos será garantida por 25 fiscais

20 Ago 2004 - 16h08
Em Mato Grosso do Sul 25 fiscais estarão distribuídos pelos terminais rodoviários dos municípios, a partir de segunda-feira, para garantir a gratuidade para os idosos em viagens interestaduais, segundo o presidente da Agepan (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos), Anísio Tiago.

No Terminal Rodoviário da Capital serão três fiscais, que deverão conferir a venda de passagens nos guichês, para verificar se as empresas estão seguindo as determinações impostas pelo Estatuto do Idoso. As empresas já foram alertadas esta manhã, durante reunião promovida no auditório da Agência reguladora.

O diretor alertou inclusive sobre a multa , no valor de R$ 2,4 mil. que será aplicada a quem negar o benefício. A lei garante dois lugares gratuitos a idosos com mais de 60 aos e que ganham até dois salários em cada ônibus. Caso os dois lugares já estejam cedidos, os demais idosos tem direito a desconto mínimo de 50% no valor da passagem.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO
Orgia em casa alugada pelo AIRBNB é flagrada por câmeras e reclamação de locatária viraliza
VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19