Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 14 de junho de 2021
Busca
Brasil

Governo reduz pauta fiscal da soja, leite in natura e suíno

2 Fev 2010 - 14h30Por Notícias.MS

Como parte da política de acompanhamento dos preços praticados no mercado, o governador André Puccineli determinou a redução da pauta de referência fiscal, valor utilizado para cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), da soja, farelo de soja, óleo de soja, sorgo, trigo, suíno e leite in natura. Parte das alterações já foi publicada no Diário Oficial de ontem (1º).

 

         A maior redução da pauta fiscal foi de 23% no valor da saca com 60 quilos de soja para operações internas, passando de R$ 42,60 para R$ 33,00. Já nas operações interestaduais, houve uma queda de 19% no valor da saca da soja, que caiu de R$ 52,80 para R$ 43,20.

 

         Também foram alterados os valores da pauta fiscal do farelo de soja, de R$ 730,00 a tonelada para R$ 650,00, queda de 11%. O quilo do óleo bruto de soja sofreu redução de 5%, passando de R$ 1,86 para R$ 1,76. Já a saca com 60 quilos de sorgo em grão caiu 5%, de R$ 11,40 para R$ 10,80.

 

                Além disso, o governo também reduziu em 4% a pauta fiscal da tonelada do trigo para operações interestaduais, passando de R$ 460,00 para R$ 440,00 e, nas operações internas, de R$ 400,00 para R$ 390,00 a tonelada, diferença de 3%. No quilo do suíno para abate, a redução foi de 3%. Na operação interna, o valor caiu de R$ 1,90 para R$ 1,85 e, na interestadual, de R$ 2,16 para R$ 2,10.

 

         O litro do leite in natura para operação interestadual apresentou redução de 7%, de R$ 0,75 para R$ 0,70. Já para operação interna, houve um aumento de 14%, passando de R$ 0,42 para R$ 0,48 o litro. A arroba do algodão também registrou elevação de 5%, passando de R$ 40,00 para R$ 42,00.  

 

As alterações na pauta de referência fiscal levaram em conta as oscilações de preços praticadas no mês de janeiro deste ano. A pesquisa de mercado é realizada mensalmente para que a pauta seja adequada à realidade do produtor.

 

Sobre as informações de que o Estado teria deixado de vender soja no mês passado, a secretaria estadual de Fazenda (Sefaz) não detectou prejuízo para os produtores e para Mato Grosso do Sul já que, em janeiro, não houve transação com soja.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta