Menu
SADER_FULL
terça, 22 de junho de 2021
Busca
Brasil

Governo realiza licitação para venda de imóveis

22 Fev 2010 - 16h18Por Notícias MS
O governo do Estado realizará uma licitação, modalidade concorrência, para venda de imóveis do extinto Previsul (Instituto de Previdência Social de Mato Grosso do Sul).

Os imóveis estão localizados em Campo Grande, Terenos e Jaraguari. O valor varia entre R$ 9 e 50 mil, em Campo Grande. Em Terenos, o imóvel está avaliado em R$ 370 mil.

A apresentação acontece no próximo dia 24, em Campo Grande, na SAD (Secretaria de Estado de Administração), no Parque dos Poderes, às 15h. Em Terenos, a abertura das propostas será no dia 25, às 9h, no prédio da Prefeitura Municipal.

E no dia 26, serão abertas as propostas, às 9h, para a compra dos imóveis em Jaraguari. A abertura será também na sede da prefeitura municipal.

Em Campo Grande, estão sendo vendidos 20 imóveis. Em Terenos, somente um imóvel e em Jaraguari, são 13 terrenos. O Previsul foi extinto em 2000, tornando a atual Ageprev (Agência de Previdência Social). Outras informações na página eletrônica www.sad.ms.gov.br .

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América